Unidos da Tijuca se destaca com ala composta apenas por mulheres

Escola carioca levou à Sapucaí as revoluções feministas da Rússia

A Unidos da Tijuca levou à Sapucaí, na manhã desta segunda-feira, 4, um pouco da história das revoluções feministas na Rússia.

Larissa Netto, musa da escola, comandou uma ala composta apenas por mulheres.

A escola foi a última a desfilar na Sapucaí no primeiro dia do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

O enredo mostrou a história do pão, desde o Egito Antigo até momento em que se tornou alimento ícone na mesa dos brasileiros. Bandeiras sociais também foram abordadas no enredo.