Morre o escritor Tom Wolfe, ícone do jornalismo literário, aos 87 anos

Ele é autor de clássicos como 'Radical Chique e O Novo Jornalismo'

Nesta segunda-feira (14), morreu o escritor e jornalista Tom Wolfe, um dos principais nomes do jornalismo literário americano. Segundo informou a sua agente literária Lynn Nesbit ao The Guardian, ele estava internado com uma infecção em um hospital de Nova York.

Ele é autor de clássicos como Radical Chique e O Novo Jornalismo A Fogueira das VaidadesTom foi um dos autores mais influentes do  jornalismo literário (chamado de new journalism no original em inglês), o movimento que revolucionou a escrita de não ficção a partir da década de 1960 – em que se destacam também Gay Talese, Truman Copote e Norman Mailer.