Argentina confirma morte de tripulação do submarino desaparecido

A embarcação ARA está desaparecida desde o dia 15 de novembro e o resgate já havia sido suspenso

O ministro da Defesa da Argentina, Oscar Aguad, declarou na última segunda-feira (4) ao canal argentino Todo Notícia que todos os 44 tripulantes do submarino ARA San Juan estariam mortos. A declaração foi corroborada nesta terça (5) pela Marinha do país. O ARA está desaparecido desde o dia 15 de novembro.

“As condições extremas do ambiente e o tempo que passou são incompatíveis com a vida humana”, afirmou. Ele respondia sobre um pronunciamento de Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, que comentou a suspensão das missões de resgate.

Em entrevista à VEJA, a Marinha da Argentina confirmou a morte dos tripulantes e declarou que o ministro Oscar Aguad é “a voz da Marinha” do país.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s