Podemos ajudar a combater o tráfico sexual com apenas uma foto

O aplicativo TraffickCam está montando uma base comunitária de imagens para colaborar com investigações

O tráfico humano atinge cerca de 21 milhões de pessoas ao redor do mundo – a maioria mulheres e crianças – e tem como principal objetivo a exploração sexual. Para anunciar suas vítimas, os criminosos muitas vezes repassam aos potenciais clientes fotos tiradas em quartos de hotéis e motéis – que podem ser pagos em dinheiro e trocados facilmente. Mas na cidade de Saint Louis, uma equipe policial conseguiu achar uma vítima exatamente porque identificou o local em que foi fotografada. Pensando nisso, a Exchange Initiative  ONG americana que combate o tráfico sexual –, em parceria com a Universidade de Washington, lançou um aplicativo grátis para que todos possam ajudar nessa luta.

Com o TraffickCam, hóspedes de hotéis e motéis podem subir fotos dos quartos em que ficaram, colaborando na montagem de uma base de imagens capaz de ajudar os investigadores. Testado antes de ser oficialmente lançado, o app já conta com 1,5 milhão de fotos de mais de 145,000 estabelecimentos americanos.  O vídeo (ainda sem tradução) do Huffington Post explica bem a iniciativa:

 

 

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s