Papa diz que cristãos devem pedir perdão aos homossexuais

"Eles não devem ser discriminados, devem ser respeitados e acompanhados pastoralmente"

A bordo do avião papal em retorno de viagem à Armênia, o Papa Francisco conversou com a imprensa e afirmou que os cristãos devem desculpas a gays e outros que tenham sido ofendidos ou explorados pela Igreja Católica. 

“Eu repito o que a o catequismo da Igreja Católica diz: que eles não devem ser discriminados, devem ser respeitados e acompanhados pastoralmente”, disse o Papa. “A Igreja deve pedir perdão por seu comportamento muitas vezes – quando eu digo a Igreja, quero dizer os cristãos! A Igreja é sagrada, nós somos pecadores!”.

E completou “Eu acredito que a Igreja não deve apenas se desculpar aos gays que ofendeu, mas aos pobres, às mulheres e crianças exploradas; tem que pedir perdão por ter abençoado muitas armas”. 

Os comentários do Papa vieram em resposta a uma questão sobre um cardeal alemão que disse que a Igreja Católica deveria se desculpar por ter sido “muito negativa” com os LGBT.