Ouro no judô, Rafaela Silva é nome de colégio na Zona Oeste do Rio

O intuito do projeto é incentivar os 300 alunos, de idades entre 6 meses a 6 anos, a se tornarem "outras Rafaelas" – persistirem em seus ideias, sejam estes esportivos ou não

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, decretou, no último dia 3, que as escolas construídas na município e Clínicas da Família deverão levar o nome de medalhistas brasileiros dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

Leia mais: Rafaela Silva é ouro para o Brasil! Conheça sua história de superação.

E a promessa foi cumprida, na manhã desta quarta (17): ouro no judô, a carioca Rafaela Silva foi homenageada por nomear uma escola: o Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI), localizado no bairro Magalhães Bastos, Zona Oeste, recebeu o nome de Medalhista Olímpica Rafaela Lopes Silva. A instituição faz parte do projeto Escolas do Amanhã. 

Veja também: Conheça Thamara, a namorada e companheira de lutas da judoca Rafaela Silva​.

 

 

O intuito do projeto é incentivar os 300 alunos, de idades entre 6 meses a 6 anos, a se tornarem “outras Rafaelas” – persistirem em seus ideias, sejam estes esportivos ou não. A atleta ainda lembrou do papel fundamental e transformador desempenhado pela junção da educação e do esporte na sua vida. 

Leia mais: Rafaela Silva, medalhista olímpica, sonha em levar o judô para a periferia.

“Graças ao esporte, ganhei bolsas e pude estudar até a faculdade, além de ajudar minha família fazendo o que gosto. Mas a educação é importante também porque a carreira no esporte não é para a vida toda”, agradeceu a homenageada, que estudou durante toda a sua vida em escolas públicas.

Veja também: 14 frases inspiradoras de atletas olímpicas provam: a Rio 2016 é delas!​