Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Novo filme brasileiro expõe traumas da violência doméstica

Com Domingos Montagner no elenco, Vidas Partidas estreia dia 4 de agosto

Por Redação CLAUDIA Atualizado em 27 out 2016, 18h47 - Publicado em 18 jul 2016, 13h52

Todo ano, 2 milhões de brasileiras sofrem violência doméstica, segundo pesquisa do Instituto Avon. Apesar do tema ainda ser tratado como tabu na sociedade, é cada vez mais claro que a agressão física ou verbal não tem classe social específica nem justificativa. Agora, o tema chega às telonas para estimular mais e mais mulheres a tomar uma posição contra a violência (das que sofrem em casa, apenas 63% denunciam). Em Vidas Partidas, Naura Schneider é Graça, uma mulher apaixonada que sofre violência doméstica no Brasil dos anos 1980. O marido e algoz é Raul, vivido por Domingos Montagner. A primeira agressão ocorre quando Raul, desempregado, assiste a esposa avançando na carreira. Entretanto, quando consegue um emprego e iguala-se financeiramente à esposa, Raul torna-se mais e mais agressivo. O filme, dirigido por Marcos Schechtman, apresenta cenas agressivas e acompanha o caso até Graça levar o marido diante de um juiz para que ele responda por seus crimes.  Abaixo, assista a um trecho cedido exclusivamente à CLAUDIA.

 

Continua após a publicidade

Veja trecho exclusivo:

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Assista ao trailer:

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Leia também: Violência doméstica contra a mulher: quando você pode – e deve – acionar a justiça

Continua após a publicidade
Publicidade