Nova Iorque libera alunos de aula para protestos pelo clima

A ativista Greta Thunberg, que se encontrou com Barack Obama, lidera as manifestações

Autoridades da cidade de Nova Iorque liberaram que estudantes da rede pública de ensino faltassem às aulas para poder participar das manifestações pelo clima, marcadas para sexta-feira (20/09) e lideradas pela jovem ativista sueca Greta Thunberg.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

A decisão atinge 1,1 milhão de estudantes, do ensino pré-escolar ao ensino médio, espalhados pelas 1700 escolas públicas da capital. O prefeito da cidade, Bill de Blasio, fez um discurso em apoio ao movimento. “A cidade de Nova Iorque apoia nossos jovens. Eles são a nossa consciência”, disse.

Bill de Blasio

Bill de Blasio (Reprodução/Getty Images)

Celebridades e ONGs de todo o mundo estão se mobilizando para as manifestações de amanhã (20/09). Os protestos foram marcados para acontecer antes da Cúpula da ONU pelo clima, que terá início no dia 23 de setembro. Apesar da repercussão mundial sobre as queimadas no Brasil, o Itamaraty informou que o país não inscreveu o presidente Bolsonaro na lista de oradores da cúpula.

Greta Thunberg

Em Washington desde a semana passada, a ativista Greta Thunberg está na capital americana para pressionar autoridades a tomarem medidas contra as mudanças climáticas.  A jovem apresentou ao Congresso americano dados de 2018 do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas. “Eu não quero que vocês escutem a mim, eu quero que vocês escutem aos cientistas. E quero que vocês se unam à ciência”, discursou Greta.

A sueca também se encontrou com o ex-presidente americano Barack Obama. “Com apenas 16 anos, Greta já é uma das nossas melhores advogadas pelo planeta (…) Com total entendimento de que a geração dela terá que suportar o pior fardo das mudanças climáticas, ela não tem medo de acreditar que o progresso é possível – e nem de lutar por uma mudança verdadeira”, escreveu Obama em um post em suas redes sociais.

Limpeza de Praias

Em ação pelo Dia Mundial de Limpezas de Praias, o Projeto Tamar, junto com o Instituto Argonauta e o Aquário de Ubatuba, promoverá a limpeza da Praia do Itaquá, no litoral de São Paulo, na próxima sexta-feira (20/09). A mobilização voluntária tem por objetivo conscientizar as pessoas sobre o lixo nos oceanos.

PODCAST – Como dialogar com as crianças e adolescentes sobre sexualidade