Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Mulher tenta atirar no marido e mata colega por engano

O caso ocorreu em Mongaguá, no litoral de São Paulo, onde amigos passavam um fim de semana na praia

Por Da Redação - Atualizado em 30 out 2017, 14h25 - Publicado em 30 out 2017, 14h08

Andressa Silva Gouveia, 22 anos, morreu no último sábado (28), em decorrência de um tiro por engano. A autora do disparo, Zilma do Amaral, 38 anos, tentava acertar o companheiro Alexandre Santos, 38 anos, em meio a uma discussão, como relata o G1.

Andressa e o casal estavam em uma casa alugada para passar o fim de semana com um grupo de amigos em comum, em Mongaguá, SP. A moça, que não fazia parte da cena da discussão, descansava em uma cadeia à beira da piscina, quando foi atingida no tórax pelo tiro de Zilma.

Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. O casal mantém um relacionamento há 12 anos e têm uma filha, porém não são casados. Zilma fugiu após o crime e a arma está desaparecida. Alexandre, que continuou no local, disse não saber sobre o paradeiro da sua companheira ou do revólver à polícia.

Testemunhas que estavam no local contaram que era comum Zilma e Alexandre discutirem, por isso não houve alarde das outras pessoas antes do tiro. Elas também afirmara que Andressa conheceu o casal naquele mesmo dia e, no momento do tiro, cuidava das crianças que estavam na piscina, inclusive da filha deles.

Publicidade