Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Menino muçulmano preso por levar relógio à escola tem emocionante encontro com Obama

Após o acontecimento, que causou comoção no mundo inteiro, os dois se conheceram em evento dedicado à ciência

Por Fernanda Morelli Atualizado em 28 out 2016, 08h16 - Publicado em 20 out 2015, 15h42

Você se lembra do caso de Ahmed Mohamed, o menino muçulmano que foi preso ao levar para a escola um relógio supertecnológico que ele mesmo criou e que a professora pensou ser uma bomba? (relembre o caso aqui)

O menino, que foi vítima, na ocasião, da injustiça e do preconceito que cercam árabes, islâmicos e muçulmanos nos Estados Unidos, é um verdadeiro amante de ciências e tecnologias e teve a oportunidade de conhecer, ontem, o presidente dos Estados Unidos em um evento na Casa Branca, chamado “Astronomy Night” (Noite da Astronomia, na tradução literal).

O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, havia dito, pela manhã, que o encontro dos dois não seria possível, mas, para a felicidade de ambos, eles conseguiram se conhecer. Quando aconteceu o incidente, Ahmed teve o apoio de diversas personalidades, incluindo Obama, que postou a seguinte frase em seu Twitter: “Relógio legal, Ahmed. Quer trazer ele para a Casa Branca? Nós devemos inspirar mais crianças como você para gostar de ciências. E é isso que faz dos Estamos Unidos um bom lugar”.

 

https://instagram.com/p/9ESSIPmcVz/

 

Continua após a publicidade
Publicidade