Médico suspeito de matar a mulher é preso em Goiás

O médico Álvaro Ferreira estava foragido desde o dia 18, quando o corpo de sua mulher foi encontrado em casa

O médico Álvaro Ferreira Silva postou uma selfie dentro de uma igreja em suas redes sociais. Foi assim que a polícia civil soube da localização do suspeito de matar a esposa, a professora Danielle Cristina. Ele estava foragido desde 18 de dezembro, quando o corpo de Danielle foi encontrado em casa, em Palmas (TO). Dois dias antes, ele havia sido preso por agredi-la, mas foi solto após audiência de custódia.

Um dia depois do crime, já foragido, Silva enviou mensagens para a mãe da vítima declarando inocência e criticando a lei Maria da Penha. De acordo com  advogado representando a família de Danielle, o marido da vítima já havia ameaçado matá-la em diversas ocasiões.

Álvaro Ferreira Silva foi preso no cinema de um shopping e foi transferido para Palmas, onde deve responder pelo crime.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s