Mãe e filha morrem abraçadas após tiroteio

Suspeita-se que a mulher tenha sido alvo de uma execução por envolvimento com o tráfico de drogas

Testemunhas relatam o episódio sangrento que aconteceu na noite de ontem em Curitiba. Um casal e a filha estavam dirigindo pelo bairro de Capela Velha, em Araucária, quando uma moto com dois homens emparelhou com o veículo. Os homens abriram fogo contra o carro. Cristiane Munhoz, de 25 anos, morreu abraçada à filha Julia Camargo Munhoz, de 4 anos, após tentar sair do veículo. O marido, Rodrigo de Oliveira Camargo, 30 anos, conseguiu fugir, mas foi atropelado. Ele está em estado grave.

A polícia acredita que a família tenha sido alvo de execução, pois tanto Rodrigo quanto Cristiane tinham passagem pela polícia. Suspeita-se que eles tenham ligação com o tráfico de drogas. Os atiradores não foram presos, mas a investigação continuará sendo feita.