Mãe de menina que morreu engasgada tinha a deixado sozinha

Sherin Mathews, de 3 anos, foi encontrada morta em um bueiro perto de sua casa

O caso Sherin Mathews ganhou novos desdobramentos – desta vez envolvendo a mãe da menina. Sini Mathews foi presa nesta quinta-feira suspeita de abandonar a criança, colocando-a em risco.

Segundo a polícia do estado do Texas, Estados Unidos, a menina teria morrido engasgada após ser forçada pelo pai, Wesley, a beber leite.

Em depoimento, Wesley revelou que ficou impaciente com Sherin porque a menina se recusava a beber o leite servido. O casal teria então deixado a menina sozinha na cozinha por uma hora e meia, enquanto levava sua filha biológica de 4 anos para jantar. Quando retornaram, a menina ainda estava na cozinha.

Os detetives responsáveis pelo caso usaram recibos e testemunhas oculares para confirmar a presença da família em um restaurante. A polícia concluiu então que Sini abandonou voluntariamente sua filha adotiva, colocando-a em “perigo iminente de morte, lesões corporais ou deficiências físicas ou mentais”. Sini permanece sob custódia com fiança de 250 mil dólares.

Wesley contou à polícia que forçou fisicamente a menina a beber o leite. Ela teria engasgado e sua respiração teria diminuído. O pai alegou que, por pensar que a menina estava morta, decidiu retirar o corpo da casa.

Essa versão contradisse a história apresentada anteriormente pelo pai da menina. Em 7 de outubro ele atraiu a atenção nacional ao afirmar originalmente que a Sherin havia desaparecido após ser mandada para fora de casa como punição por não beber o leite.

Após uma rápida exploração da área a polícia encontrou o corpo em um bueiro a poucos metros da casa da família. O médico legista do condado de Dallas ainda está investigando a causa da morte.

Wesley Mathews, que inicialmente foi preso por suspeita de ameaça infantil, permanece em custódia sob fiança de um milhão de dólares.

A menina havia sido adotada de um orfanato da Índia há dois anos. Wesley e sua esposa têm outra filha de quatro anos, que está sob cuidados do serviço social.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s