CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Corpo de influenciadora desaparecida é encontrado nos EUA. Entenda o caso

O noivo de Gabby Petito, Brian Laundrie, não é visto desde o dia 14 deste mês. Para família da vítima, ele está se escondendo

Por Da Redação 20 set 2021, 15h12

Após 8 dias desaparecida, o FBI encontrou o corpo da influenciadora Gabrielle Petito, 22 anos, neste último domingo (19), no Parque Nacional Grand Teton, nos Estados Unidos. Segundo o departamento, o corpo corresponde às características da jovem.

Antes de desaparecer, Gabby viajava de carro com seu noivo, Brian Laundrie, 23. Segundo a família, Brian foi visto pela última vez no dia 14 de setembro, quando saiu da casa dos pais para fazer uma caminhada, em North Port, Florida.

View this post on Instagram

A post shared by Brian Laundrie (@bizarre_design_)

A última vez que os pais tiveram contato com Gabby, como era chamada pela família e amigos, ela estava na área do Parque Nacional Grand Teton, localizado no estado norte-americano de Wyoming.

“Hoje bem cedo foram encontrados restos humanos que coincidem com a descrição de Gabrielle ‘Gabby’ Petito. Gostaria de expressar minhas mais sinceras e profundas condolências à família de Gabby”, afirmou Charles Jones, agente do FBI.

View this post on Instagram

A post shared by Gabby (@gabspetito)

A viagem do casal começou em julho deste ano, quando Gabby deixou seu emprego para mergulhar na aventura com seu noivo. Ela documentava a viagem em seu perfil no Instagram, que conta com milhares de seguidores.

Busca pelo noivo de Gabby

Brian voltou sozinho para casa há mais de duas semanas com a van da vítima. Quando os investigadores o declararam como “pessoa de interesse”, ele desapareceu. O FBI não acusa Brian pela morte da jovem, mas afirma que o mesmo oculta informações importantes sobre o caso.

O namorado de Gabby não é visto pela família desde o dia 14, por isso as autoridades investigam agora um caso de “desaparecimento múltiplo”. Na última semana, os familiares teriam procurado Brian, mas encontraram apenas o carro dele próximo à Reserva Carlton.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

A post shared by Brian Laundrie (@bizarre_design_)

“Os pais de Brian nos informaram que ele foi visto pela última vez na terça-feira e relataram seu desaparecimento três dias depois. Não sabemos com que frequência ele fazia esse tipo de caminhada, mas você poderia ficar meses na reserva sem ser encontrado”, afirmou Josh Taylor, porta-voz da polícia, ao canal Fox 13.

“Justiça para Gabby”

A família da jovem, no entanto, não concorda com a polícia e com o FBI. Após as autoridades divulgarem o desaparecimento de Brian, familiares de Gabby afirmaram em um comunicado: “Toda a família de Gabby quer que o mundo saiba que Brian não está desaparecido. Ele está se escondendo”, apontaram os entes da jovem.

Joseph Petito, pai da vítima, publicou nas redes sociais uma homenagem à filha e pediu “Justiça para Gabby”. A hashtag foi compartilhada por familiares, amigos e fãs que buscam por respostas.

“Estamos tristes e com o coração partido por saber que Gabby foi encontrada morta. Nosso foco desde o início, junto com o FBI e parceiros nacionais, era trazê-la para casa. Continuaremos trabalhando na busca por mais respostas”, informou um comunicado da polícia de North Port.

Histórico de violência

Em 12 de agosto, duas semanas antes do desaparecimento da jovem, a polícia de Utah recebeu uma ligação reportando um possível caso de violência doméstica envolvendo o casal.

Na última semana, o Departamento de Polícia de Moab, cidade de Utah, divulgou um vídeo no qual a jovem aparece chorando e desabafando sobre a sua saúde mental. Apesar disso, nenhuma ocorrência policial foi registrada e não há mais detalhes sobre o ocorrido.

A van usada na viagem do casal está sendo examinada pela polícia, que busca por pistas que ajudem a compreender o caso.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade