Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

“Brexit” já é realidade na Grã Bretanha

O horário oficial para marcar a data foi as 20h (horário Brasília)

Por Da Redação - Atualizado em 31 jan 2020, 22h22 - Publicado em 31 jan 2020, 21h50

Desde hoje (31) às 20h, horário do Reino Unido, a Grã-Bretanha está oficialmente fora do Mercado Comum Europeu. Apelidado de ‘Brexit’, que é a combinação de British Exit (saída britânica, do inglês), o movimento terá impactos financeiros e políticos a serem avaliados a partir de agora.

A Grã-Bretanha fazia parte do Mercado Comum Europeu há 47 anos e  fez um plebiscito há 4 anos para que os eleitores britânicos pudessem decidir a permanência ou não no bloco de 28 países que praticam livre comércio entre si e facilitam deslocamento de cidadãos para trabalho e residência. Em uma decisão surpreendente, e apertada, 52% votaram pela saída.

O desmembramento inicialmente previsto para março de 2019 foi adiado até hoje (31) por conta de discussões internas no Parlamento do Rei Unido. Com a eleição esmagadora do partido conservador, o Primeiro Ministro britânico Boris Johnson conseguiu fechar a data para o ‘divórcio’.

O Brexit significa um passo atrás de muitas questões aparentemente já avançadas e complicadas como as relações tensas com a independente Irlanda do Norte. Voltam aplicações de  impostos, postos de fronteira, barreiras físicas ou verificações de pessoas ou mercadorias que cruzam os países. 

O período de implementação é previsto terminar em dezembro.  Muitos temem que o Brexit desperte  a dissolução do Reino Unido como um todo.

Muitas celebridades como Elton John, J.K. Rowling. Helena Boham-Carter, Benedict Cumberbatch, Victoria Beckham, Daniel Craig, entre outros, foram abertamente contra a decisão.  A cantora Lily Allen deletou sua conta no Twitter account quando o Primeiro Ministro Boris Johnson ganhou a eleição

 

Continua após a publicidade
Publicidade