Grávida ganha grande festa após ninguém aparecer para chá de bebê

Nenhum convidado foi ao evento organizado por Valdivina Alves, mas bastou uma publicação no Facebook para a situação mudar de figura. Conheça a história

Já imaginou organizar um chá de bebê para o novo integrante que chega à família e ninguém comparecer? Foi isso que aconteceu com a artesã Valdivina Antônia Alves, de 28 anos, que programou o evento para o último dia 12 e foi surpreendida com a presença de apenas três dos convidados – sua mãe e dois sobrinhos.

Depois de passar meses juntando dinheiro para realizar a festa para se preparar para a chegada da filha Iris, a moradora de São João Evangelista, cidade no leste de Minas Gerais, ficou decepcionada com os amigos e familiares e resolveu publicar o descontentamento no Facebook.

Leia mais: Como organizar um chá de bebê

No entanto, a publicação, que consiste apenas em uma foto da decoração da festa acompanhada da simples frase “Triste, ninguém veio pro chá de fraldas”, foi compartilhada em menos de uma semana por de três mil pessoas.

Minha maior tristeza foi que ninguém se deu ao trabalho de me dar uma satisfação, de ligar e dizer que não poderia ir”, comentou a gestante ao jornal Extra. “Eu postei para desabafar, para que as pessoas sentissem que eu fiquei triste. Mas, no dia seguinte, a história já tinha se espalhado, todo mundo estava comentando”, completou.

O sucesso da triste publicação, no entanto, rendeu frutos. Um grupo de músicos de Belo Horizonte chamado Vitrola Acústica, comovido com a história, decidiu organizar uma grande festa para arrecadar dinheiro e produtos para Valdivinia.

Leia mais: Chá de bebê: ideia de mesas e enfeites para organizar a comemoração

A nova festa acontecerá no próximo domingo (26) e contará com show da banda Vitrola Acústica e da dupla sertaneja Henrique e Marcilio e também com a participação de um DJ. Como entrada, os interessados deverão levar fraldas, lenços umedecidos e roupas infantis.  

Mesmo dias antes do evento, por conta da viralização da publicação, muitas pessoas já começaram a mandar alguns produtos para Valdivina. Até então, ela esperava a filha somente com uma chupeta e uma banheira. Agora, além de conseguir arrecadar tudo o que precisar para a filha graças à ajuda dos músicos e dos internautas, Valdivina ainda doará o excedente para a creche de sua cidade.

Leia mais: 17 ideias de lembrancinhas de chá de bebê para fazer em casa