Garoto de 16 anos mata o pai para defender a mãe de agressões

Caso aconteceu na última terça (4) em João Pessoa, na Paraíba

Um homem que agredia a esposa foi morto pelo próprio filho de 16 anos. O adolescente usou um facão e uma marreta para defender a mãe das agressões. O caso aconteceu na noite da última terça (4) em João Pessoa, na Paraíba.

A briga começou dentro de casa e terminou de forma trágica na garagem. De acordo com as informações da perícia, o garoto estava assustado quando o Instituto de Polícia Científica (IPC) chegou ao local. Ele apresentava lesões pelo corpo. 

O adolescente contou que o pai chegou bêbado em casa e começou a agredir a mãe. Ele então levou o homem para o quarto, mas a discussão não cessou. Nesse momento, o menino pegou um facão e uma marreta e golpeou Rivaldo Santana de Oliveira, de 45 anos, que morreu.

O delegado Silvio Bardassom contou que a mãe ainda não foi ouvida pela Polícia Civil por estar em estado de choque. Ele disse ainda que é preciso esperar as investigações serem concluídas para poder caracterizar o caso como legítima defesa ou homicídio.

Com informações do G1.

+ Pai forçou filho de 11 anos a fazer sexo com madrasta para ‘não virar gay’

Siga CLAUDIA no Instagram