Escola de São Paulo exige que alunas usem cabelo liso em apresentação

Comunicado emitido por instituição dizia que penteado com cabelo liso deixaria apresentação “mais bonita”

Uma escola em São Paulo se tornou alvo de uma polêmica nas redes sociais após emitir aos pais um comunicado considerado racista pelos internautas.

Compartilhada no Facebook pela página Levante Negro, a circular impressa pela escola Associação Cedro do Líbano de Proteção à Infância pedia para que as alunas participassem de uma apresentação de Natal usando os cabelos soltos e lisos. O comunicado justificava o pedido dizendo que a padronização deixaria a apresentação, marcada para esta quinta-feira (3), “ainda mais bonita”.

Abaixo do texto havia uma foto da atriz Larissa Manoela, que interpretou a personagem Maria Joaquina na novela Carrossel.

Uma foto do comunicado ganhou as redes sociais e rapidamente alcançou milhares de compartilhamentos.

Em um comunicado no site, a escola reconheceu “o equívoco da mensagem” e disse repudiar “qualquer forma de preconceito e discriminação”.

Também informou que foram tomadas todas as medidas cabíveis para que “erros lamentáveis como esse não se repitam e possam ferir os preceitos postos na Lei 10639/2003 e Lei 11645/2008”. “O ocorrido nos faz ampliar nossa visão acerca da construção coletiva de uma educação pautada no respeito à diversidade, reconhecendo as identidades de todos”, dizia ainda a nota emitida pela instituição.