E se os heróis de Hollywood fossem todos mulheres?

Vídeo recria cenas icônicas do cinema sendo interpretadas por bonecas

Como seriam os filmes de ação se os heróis fossem, na verdade, heroínas? Se as mulheres deixassem de ser vistas como o prêmio do mocinho e o desejo do vilão e passassem a ser protagonistas de suas próprias histórias?

A GoldieBlox, fabricante de brinquedos que tem como missão o empoderamento das meninas, lançou uma campanha baseada na pergunta: “E se os heróis de Hollywood fossem mulheres?

Em um vídeo produzido com bonecas da marca, a empresa recria cenas icônicas do cinema – desta vez estreladas por mulheres – e apresenta dados contundentes sobre o machismo na indústria cinematográfica.

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Apenas 12% dos grandes filmes de Hollywood são protagonizados por mulheres.  Como inspirar força e coragem em meninas que crescem rodeadas de modelos masculinos? Quase sempre objetificada e hipersexualizada, a imagem das mulheres nos filmes de ação usurpa a autonomia feminina.

Para meninas negras, a necessidade de personagens inspiradoras se torna ainda mais urgente. Isto porque apenas 1% das produções são estreladas por mulheres negras.

O papel secundário dado às mulheres nos filmes fica evidente se medido o tempo médio de aparição das personagens femininas. As mulheres aparecem nas telonas no mínimo duas vezes menos que os homens.

Assista o vídeo da campanha: