Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Conheça Tiera Guinn: a jovem engenheira da Nasa de apenas 22 anos

A história de Tiera Guinn parece saída do filme “Estrelas Além do Tempo”

Por Gabriela Malta - Atualizado em 21 fev 2017, 18h54 - Publicado em 7 fev 2017, 19h45

A história de Tiera Guinn parece saída do filme Estrelas Além do Tempo. Com apenas 22 anos, ela já trabalha como engenheira de projeto e análise estrutural de foguetes para a Boeing, em parceria com a Nasa – a agência espacial americana. Guinn projeta e analisa partes de um foguete que, segundo ela, será um dos maiores e mais poderosos da história.

A jovem engenheira disse ao The Huffington Post que queria ser engenheira espacial desde criança.

Sua mãe, que desde cedo notou a habilidade matemática de Guinn, garantiu que a jovem permanecesse com a mente afiada colocando-a para usar sua inteligência em um supermercado.

Leia também: Essas quatro mulheres viajarão pela NASA para Marte

Continua após a publicidade

“Quando minha mãe e eu íamos a um supermercado, ela me dava todos seus cupons para organizar, Guinn disse a rede americana de notícias WBRC News “Quando chegavamos à caixa registradora, eu já teria que ter calculado o preço total da compra, incluindo os impostos. E eu fazia isso desde os seis anos de idade”.

“Um dia eu vi um avião no céu e pensei ‘puxa, eu posso desenhar aviões. Vou me tornar uma engenheira aeroespacial”, Guinn disse.

Ela começou, então, sua preparação. No Ensino Médio, escolheu cursar as matérias que melhor a preparariam para o futuro e agora ela está se formando no MIT – o Instituto de Tecnologia de Massachusetts, famoso por ser um dos centros de ciência e tecnologia mais importantes do mundos – com média 10.

Para as jovens meninas que querem seguir seus passos, ela avisa: podem esperar obstáculos ao longo de sua jornada, mas não desista.

Continua após a publicidade

Leia também: Jeanette Epps será a primeira mulher negra a viajar ao espaço

“Você tem que olhar para a frente e não pode deixar ninguém se colocar entre você e seu sonho”, disse. “Não importa o quão duro pode ser, não importa quantas lágrimas você possa chorar, você tem que continuar tentando. E você tem que entender que nada vem fácil. Mantendo os olhos no prêmio, você pode ter sucesso.

Publicidade