Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Conheça a indiana de 70 anos que deu à luz ao seu primeiro filho

Daljinder Kaur contava com o apoio do marido, de 79 anos, para fazer o tratamento de fertilização que já durava dois anos, em uma clínica local

Por Redação CLAUDIA - Atualizado em 28 out 2016, 13h20 - Publicado em 11 Maio 2016, 15h27

O casal indiano que já está na casa dos setenta anos comemorou nesta semana o nascimento de seu primeiro bebê, um menino saudável que veio ao mundo após dois anos de tratamento de fertilização, fruto de 46 anos de união da senhora com o fazendeiro Mohinder Singh Gill. 

O tratamento em questão foi realizado com óvulos doados em uma clínica de fertilização no estado indiano de Haryana. Apesar da idade incerta, por não possuir certidão de nascimento – o que não é considerado algo incomum para os indianos – Daljinder é, certamente, uma das mães mais velhas do mundo. Mas pela realização de exames, estima-se que ela possua 72 anos de idade. 

Após tantas tentativas, o casal já quase havia perdido as esperanças, e Daljinder já estava praticamente aceitando que a sua infertilidade era uma “vontade divina”. “Finalmente, Deus escutou nossas preces. Agora sim minha vida está completa“, declarou ela à agência internacional France-Presse: “Mesmo depois de ter dado a luz, continuo fazendo tudo normalmente. Estou cheia de boas energias. Meu marido também é muito cuidadoso e me ajuda na medida que ele pode.”

O pequeno chamado Arman nasceu saudável e bem nutrido pesando 2kg.”Deus é onipotente e onipresente, e sempre toma conta de tudo”, disse o pai da criança. 

Publicidade