Black Friday: número de compras online e físicas deve se igualar

Essa é só uma das principais tendências para o período, apontadas por pesquisa do Google com a consultoria Provokers

A Black Friday – período em que as lojas virtuais e físicas oferecem promoções e descontos em seus produtos – está chegando e, neste ano, pela primeira vez, o número de compras online e presenciais será igualado. Essa é uma das tendências mapeadas por uma pesquisa realizada pelo Google em parceria com a consultoria Provokers.

Foram ouvidas, no total, 2.500 pessoas (1.500 pela Provokers e 1.000 por meio da ferramenta Google Survey) e foi constatado que a intenção de compra somente pela internet durante a Black Friday caiu de 52% em 2018 para 38% em 2019. Já a parcela de compradores que pretende comprar apenas em lojas físicas passou de 41% para 37%, no mesmo período.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Isso acontece porque, segundo a pesquisa, os consumidores multicanal (aqueles que compram tanto online quanto fisicamente) representarão 25% do total de compradores. No ano passado, essa porcentagem foi de 7%.

Ainda de acordo com o levantamento, dois em cada três brasileiros pesquisam o que querem comprar na internet antes de irem à loja física. Ou seja, 74% já tinham ideia ou certeza de qual loja iriam realizar a compra, enquanto apenas 27% dos compradores decidiram na hora onde iriam.

Confira, abaixo, outras tendências, segundo o levantamento, para a Black Friday 2019, que acontecerá no dia 29 de novembro:

Retirada na loja

A opção de retirar o produto na loja física é considerada muito importante na hora de decidir a loja na Black Friday para 39% dos brasileiros. Além disso, 24% dos consumidores pretendem optar por essa forma de entrega de suas compras online.

Compras por aplicativo

Segundo a pesquisa, o Brasil figura entre os principais países do mundo na utilização de aplicativos de varejistas – 57% dos consumidores já compraram através de um app.

Esse número serve como um alerta para os donos de e-commerce (comércio online) na semana pré-Black Friday, já que é o período em que mais cresce a taxa de downloads de aplicativos de lojas, de acordo com AppAnnie.

Confiança é o principal fator para compra

A pesquisa ainda aponta que o principal fator na hora de realizar a compra pela internet está ligado à confiança do consumidor na loja (16%), seguido pela confiança na marca/produto (13%); pagamento parcelado (11%); valor do frete (10%) e tempo de entrega (4%).

Leia também: 12 itens de cozinha para ter uma casa de Masterchef

+ 18 itens de organização para se tornar Marie Kondo

PODCAST – Como dialogar com as crianças e adolescentes sobre sexualidade