Bebê salva a vida da família ao acordar durante a noite

Alertado pela filha de um ano, casal descobriu que estava se intoxicando por monóxido de carbono

Foi graças às noites mal dormidas da bebê Célia, de um ano, que toda a família Ruppel, do Canadá, escapou de uma morte trágica.

Celia, filha de Monique e Kyle, costuma acordar apenas uma vez por noite. Um dos pais vai até o quarto para checar o que ela precisa.  Há alguns dias, a pequena acordou durante a madrugada, como de costume, e Monique levantou para ver a filha. Foi então que ela percebeu que havia algo errado.

Assim que levantou e caminhou alguns passos, Monique começou a se sentir uma vertigem muito forte. Kyle também começou a sentir tontura, enjoo, olhos ardendo e dor de cabeça. Os dois rapidamente fizeram uma mala ao perceber que a bebê não parava de vomitar e deixaram a casa.

A família sofreu uma intoxicação por monóxido de carbono e foi levada até um hospital em Vancouver. Todos tiveram que passar por um tratamento de desintoxicação em uma câmara hiperbárica.

O monóxido de carbono não tem cheiro e, por isso é difícil detectar sua presença no ambiente.  Em residências, a liberação do gás pode ser gerada pela queima incompleta de combustível devido à falta de manutenção de equipamentos, como aquecedores, e por não haver ventilação adequada onde estão instalados.

A experiência foi relatada pelo casal nas redes sociais. “Por favor, garantam que vocês têm um detector de monóxido de carbono e que ele funcione. Nós estamos muito gratos pela Celia ter nos acordado. Nossa doce filha salvou nossas vidas”, escreveu Monique.