CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Anvisa começa a avaliar aplicação da CoronaVac em crianças de 3 a 5 anos

Agência tem até sete dias úteis para apresentar uma resposta ao pedido do Instituto Butantan

Por Da Redação 14 mar 2022, 10h13

Nesta segunda-feira (14), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) começa a analisar o pedido do Instituto Butantan para liberar a vacina CoronaVac para aplicação em crianças com idade de 3 a 5 anos. Em comunicado, a agência informou que deve responder em até 7 dias úteis, começando hoje.

De acordo com o estudo divulgado pelo instituto, a vacina contra a Covid-19 produziu resposta imune em 100% das crianças a partir de 3 anos no Chile, onde ela já é utilizada nessa faixa etária desde de setembro de 2021. Além disso, ela se mostrou eficaz contra as variantes Delta e Ômicron e apresentou baixos índices de efeitos adversos.

Efeitos colaterais

Ainda segundo o estudo, apenas 15% das crianças relataram dor no braço na primeira dose da vacina, e 8% relataram dor no local da injeção na segunda dose. Agora, a Anvisa deve revisar a eficácia e segurança, os efeitos adversos observados, ajuste de dosagem e outros fatores específicos nas crianças.

Publicidade