Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Influenciadora digital morre após contrair Covid-19

Ana Paula Rubini ficou conhecida nas redes por compartilhar sua rotina de tratamento contra um câncer nas células linfáticas

Por Da Redação - 9 out 2020, 11h12

Ana Paula Rubini, influenciadora digital de 30 anos, morreu no último domingo (4), após contrair Covid-19. Ela ficou conhecida nas redes por compartilhar sua rotina de tratamento contra um câncer nas células do sistema linfático.

O falecimento foi anunciado pela família, em uma homenagem feita em suas redes sociais. “Sempre com esse sorriso lindo, que por onde passava, deixava uma luz pelo caminho. Hoje, dia 4 de outubro, às 18 horas, nossa princesa descansou”, diz o vídeo publicado, com fotos de Ana Paula. A família também afirmou que a influenciadora deixou um marido e uma filha de 10 anos.

Ver essa foto no Instagram

 

Nossa princesa descansou 😔

Continua após a publicidade

Uma publicação compartilhada por 𝓐𝓷𝓪 𝓟𝓪𝓾𝓵𝓪 𝓡𝓾𝓫𝓲𝓷𝓲 (@anapaular__) em


Ana Paula foi diagnosticada com Covid-19 no dia 29 de agosto. “Faz uns sete dias que eu perdi o paladar, mas como tenho quimioterapia recente no corpo, imaginava que podia ser dela”, contou na ocasião.

Em 25 de setembro, ela foi testada positivo para a doença novamente. “Saí do outro quarto para a ala da Covid, tive febre novamente e ontem desmaiei. Foi uma noite horrível. Porém, o tratamento não vai parar. Continuo na pré-mobilização das células. Agora é orar para que Deus tenha misericórdia e me cure da Covid, pois está muito difícil”, disse.

Ana Paula descobriu o linfoma em 2013 e, com o tratamento, chegou a se curar. No entanto, em 2019, ela foi diagnosticada novamente com o mesmo câncer. Desde então, ela estava em tratamento com quimioterapia e remédios, se preparando, inclusive, para um autotransplante de células-tronco.

O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

Continua após a publicidade
Publicidade