CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

‘3%’ é a série de língua não-inglesa mais assistida nos EUA

Primeira produção brasileira original da Netflix tem 50% da sua audiência proveniente de outros países do mundo que não o Brasil

Por Da Redação Atualizado em 16 mar 2017, 14h27 - Publicado em 16 mar 2017, 12h52

A série 3% pode definitivamente ser considerada um sucesso mundial. Lançada em 25 de novembro do ano passado, a produção brasileira é a série de língua não-inglesa mais assistida nos Estados Unidos, segundo a Netflix. E não para por aí! O serviço de streaming também informou que metade do total de horas vistas de 3% vem de outros países que não o Brasil.

Desde que estreou na Netflix, a série idealizada e roteirizada por Pedro Aguilera está disponível para 190 países. Mesmo quatro meses após seu lançamento, ela continua fazendo sucesso em locais como Austrália, Canadá, França, Itália, Coreia do Sul e Turquia. “A primeira série original brasileira da Netflix pode ser considerada parte do seleto grupo de produções nacionais que impactaram públicos globais”, disse o serviço de streaming em comunicado divulgado à imprensa nesta quinta-feira (16).

Netflix/Divulgação

“Os produtores, diretores e elenco brasileiros de 3% construíram uma série atraente que questiona a dinâmica da sociedade ao colocar os personagens em um processo de sobrevivência cruel para chegar ao ‘outro lado’”, disse Erik Barmack, vice-presidente de Originais Internacionais da Netflix, ao Estado de São Paulo. “Isso criou uma empatia com públicos do mundo todo.”

A segunda temporada da série dirigida por Cesar Charlone foi confirmada já no ano passado, pouco depois de seu lançamento, devido seu sucesso instantâneo. Ela é estralada pelos atores Bianca Camparato e João Miguel, mas conta com diversos outros personagens de destaque. Veja o trailer da primeira temporada:

Continua após a publicidade
Publicidade