Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Quais vestidos de noiva marcaram as décadas passadas?

Selecionamos algumas roupas que contribuíram para tornar o casamento de algumas celebridades inesquecíveis.

Por Clara Novais - Atualizado em 28 out 2016, 07h59 - Publicado em 3 Maio 2016, 18h05

Ao planejar o casamento, uma das primeiras preocupações das noivas é o vestido. Afinal, todas querem ficar lindas de um jeito inesquecível nesse dia especial. Buscar inspiração em décadas passadas pode te ajudar muito na hora de escolher o traje dos sonhos. Por isso, para te dar uma forcinha, separamos alguns dos looks escolhidos por celebridades para subir no altar.

1950

Arquivo Pessoal/Getty Images
Arquivo Pessoal/Getty Images

Os vestidos de noiva não fugiram da tendência principal da época: saias volumosas bem cinturadas. Feito de tafetá de seda, o que Grace Kelly usou no dia em que se tornou princesa de Mônaco é um dos mais copiados de todos os tempos. Já a atriz Nicette Bruno optou por uma versão com várias camadas de tule no matrimônio com Paulo Goulart. Uma mais deslumbrante que a outra!

1960

Arquivo pessoal/Getty Images
Arquivo pessoal/Getty Images

Nesse período cheio de quebras de paradigmas, os mini-vestidos ficaram em voga. A atriz britânica Audrey Hepburn entrou na onda e colocou um Givenchy cor-de-rosa curtinho para seu segundo casamento. Porém, a cantora Elis Regina foi bem conservadora e subiu ao altar com uma roupa que cobria todo o corpo. A extravagância ficou por conta do arranjo de cabelo, enorme!

1970

Bentley Archive/GettyImages
Bentley Archive/GettyImages

O casamento da modelo Bianca Jagger ganhou destaque não apenas por causa do noivo líder dos Rolling Stones, mas por sua roupa despojada e, ao mesmo tempo, chiquérrima: um terninho da grife Yves Saint Laurent. Já a princesa Anne da Inglaterra se inspirou no passado e desenhou o próprio vestido em estilo Tudor. Casar-se com uma coroa dessas é privilégio para poucas, né?

Continua após a publicidade

1980

Anwar Hussein/Getty Images/Arquivo Pessoal
Anwar Hussein/Getty Images/Arquivo Pessoal

As mangas bufantes e os buquês enormes eram praticamente itens obrigatórios nessa década em que tudo a moda era bastante exagerada. A cauda do vestido supervolumoso com que Lady Di tornou-se Princesa de Gales tinha 7,5 metros de comprimento. Achou muito? A da atriz Claudia Raia, na união com Alexandre frota, tinha 20 metros! Imagina quanto tecido foi usado só nessa época.

1990

Reprodução
Reprodução

Nesse período, uma onda minimalista se iniciou. Os véus deixaram de ser obrigatórios e os ombros passaram a ficar de fora. Carolyn Bessette-Kennedy e o vestido simples de seda que usou no matrimônio com John Kennedy Jr. serviram de inspiração para muitas noivas. Já Victoria Beckham subiu ao altar de tomara que caia e cabelo curtinho.

2000

Reprodução/Instagram/AgNews/Fábio Guinalz e Julian Marques
Reprodução/Instagram/AgNews/Fábio Guinalz e Julian Marques

O estilo romântico tomou conta do início deste século. Tanto a apresentadora Angélica quanto a cantora Sandy escolheram modelos rendados com o colo a mostra para subir ao altar. A primeira prendeu o véu e a grinalda em uma coroa de ouro com diamantes, enquanto a segunda enfeitou o coque com apliques de renda. Reparem na manguinha do vestido da Sandy, um charme!

2010

Chris Jackson/Getty Images/AgNews/Dilson Silva, Delson Silva e Felipe Assumpção
Chris Jackson/Getty Images/AgNews/Dilson Silva, Delson Silva e Felipe Assumpção

As décadas anteriores foram tão marcantes que servem de referência para as noivas atuais. O modelo que Kate Middleton usou no casamento com o Príncipe William foi comparado ao de Grace Kelly pela manga rendada e saia cinturada. Atualmente, é um dos mais copiados pelo mercado. Ao passo que Sophie Charlotte misturou referências e seu vestido recebeu um toque especial com flores de biscuit e renda francesa.

Continua após a publicidade
Publicidade