Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Eis aqui os sapatos mais bizarros que você vai ver hoje (eles são um hit!)

Os "Big-toe shoes" invadiram passarelas e coleções de marcas de grife e lojas de departamento. Você usaria essa ~ loucurinha nos pés?

Por Ketlyn Araujo - Atualizado em 15 jan 2020, 11h05 - Publicado em 21 ago 2019, 17h35

Houve uma época na história da moda recente na qual diversos sapatos, em especial os sociais, possuíam uma abertura arredondada na região dos dedos, deixando parte da unha do dedão à mostra. O calçado, batizado de peep toe, era hit e estava por toda parte, em suas versões flat, tipo sapatilha, e de salto alto, tipo meia pata.

Lembra dele?

Pois enquanto o peep toe teve seu reinado (por enquanto) pausado, mesmo ainda sendo encontrado para compra em alguns estabelecimentos, chinelos de dedo, como as famosas Havaianas, nunca deixaram de fazer sucesso por aqui – e, no verão internacional, vêm sendo combinadas a produções mais arrumadinhas.

Agora, imagine você um calçado que mistura os conceitos do peep toe e do chinelo de dedo, uma espécie de sandália que separa apenas o dedão do restante dos dedos dos pés. Estranho? Saiba que o sapatinho é o último grito das fashionistas internacionais.

Continua após a publicidade
Desfile primavera/verão 2019 da marca francesa Y/Project, na semana de moda de Paris
Desfile primavera/verão 2019 da marca francesa Y/Project, na semana de moda de Paris Peter White/Getty Images

Quem “descobriu” a tendência foi a jornalista Connie Wang, do site Refinery29, após notar que os “Big-Toe Shoes”, nome dado por ela que em tradução para o português significa algo como “sapatos de dedão”, invadiram passarelas e coleções, tanto de marcas de luxo quanto de lojas de departamento.

Desfile primavera/verão 2019 da marca francesa Y/Project, na semana de moda de Paris
Desfile primavera/verão 2019 da marca francesa Y/Project, na semana de moda de Paris Peter White/Getty Images

Os calçados, inclusive, foram o grande destaque do desfile de primavera-verão 2019 da marca francesa Y/Project, durante a Semana de Moda de Paris, e também podem ser encontrados em linhas das marcas Giuseppe Zanotti, Alexander Wang e Céline, ou em fast-fashions mais populares, como a H&M.

As Pirate Leather Sandals, da Céline, lançadas em 2017, avaliadas em 695 dólares (R$ 2798,14), e atualmente esgotadas para compra Celine/Reprodução
Desfile primavera/verão 2019 da marca francesa Y/Project, na semana de moda de Paris
Desfile primavera/verão 2019 da marca francesa Y/Project, na semana de moda de Paris Bertrand Guay/AFP/Getty Images

Porém, sejamos honestas. Apesar das “sandálias de dedão” serem um acontecimento deste 2019, outros itens de moda similares são bem mais antigos. É o caso das Tabi Boots, um clássico dos anos 80 comercializado até hoje pela Maison Margiela.

Melodie Jeng/Colaborador/Getty Images

Inspiradas nas Tabi, meias japonesas que separam os dedões dos pés dos outros dedos e criadas para serem usadas com os chamados Zōri, sandálias planas também originárias do país, as botas têm propositalmente essa carinha “estranha”, e recentemente foram usadas na versão branca por Hunter Schafer, a Jules de “Euphoria”.

Continua após a publicidade
InStyle's Badass Women Dinner With Foster Grant
Vivien Killilea/Getty Images for InStyle/Getty Images

Da mesma forma, é bem comum que em países mais tropicais a gente se depare com rasteiras que possuem detalhes no dedão, sejam eles em forma de “anéis” ou tiras de sandálias, certo? O que nos resta é esperar o verão chegar para vermos se as sandálias de dedão também vão acabar pegando por aqui.

Qual o seu palpite?

Publicidade