Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Os itens mais bizarros lançados por grifes de moda

Bolsa bambolê, sapatos peludos, tricô para garrafa térmica... É cada coisa!

Por Gabriela Kimura - Atualizado em 21 jan 2020, 12h25 - Publicado em 29 mar 2016, 13h01

A moda pode ser um treco fascinante: cores, modelos, texturas, criações, inveções… Tendências que vão e voltam (olá, anos 90!), tamanhos que variam dos maiores aos mínimos e certamente itens que não fazem muito sentido. De tempos em tempos as grifes mais famosas do mundo lançam algo que nem todo mundo consegue compreender, não é?

1. Origami de cavalo perfumado, Hermès

Divulgação
Divulgação

Se você preferir o nome mais chique pode chamar de Le Parfum de la Maison (do francês “o perfume da casa”), mas ele continua sendo um origami de cavalo perfumado. Feito de papel, o desenho inspirado no logo da marca traz os aromas da coleção de perfumes para casa. Uma caixa com quatro destes mimos custava modestos 85 euros, mas atualmente só é possível encontrar as velas para vender. por outros modestos 250 euros. Já pensou gastar mais de mil reais com velas (ou origamis)?

2. Hula hoop bag, Chanel

Agência Fotosite
Agência Fotosite

A marca adora criar bolsas inusitadas e ~diferentonas~, mas a hula hoop foi o ápice das maxibolsas. O design imita exatamente o que o nome em inglês diz: um bambolê. Karl poderia ter deixado passar essa, não?

3. Bolsa de tornozelo, Chanel

Chris Moore/Catwalking/Getty Images
Chris Moore/Catwalking/Getty Images

Parece que o negócio da marca centenária criada por Gabrielle Chanel é realmente quebrar paradigmas. Lá em 2007 a novidade ficou por conta desta minúscula tornozeleira que é, na verdade, uma bolsa. E você pode combinar com qualquer sapato que quiser!

4. Sapato de Minions, Rupert Sanderson

View this post on Instagram

– Sunday Repost from Mexican superstar @Thalia with her latest heels addition #RupertSanderson #belloyellow #minions #thalia

A post shared by Rupert Sanderson London (@rupertsanderson) on

O modelo amarelo do estilista Rupert Sanderson é exatamente isso: uma homenagem aos adorados (ou não) minions, personagens do filme Meu Malvado Favorito. Na première do segundo filme, a atriz Sandra Bullock desfilou com o modelo – ela dá voz à personagem Scarlett Overkill – e chamou muita atençã pela escolha levemente duvidosa. O que ninguém sabia era que o modelo e mais dez cópias foram leiloados nos Estados Unidos e toda a renda obtida foi revertida para a caridade.

5. Capa para garrafa térmica, Burberry

Divulgação
Divulgação

Continua após a publicidade

Não é mentira e não saiu de linha: as capas protetoras de tricô da Burberry continuam sendo vendidas por US$ 215* e servem para cobrir sua garrafa térmica de luxo, glamur e riqueza. Pois é.

6. Sapato peludo, Gucci

View this post on Instagram

#EV Looked back at the Gucci designed by #alessandromichele's New Creative Directer of Gucci a moments fashion love a debut strong 70s the first's collection by Michele's take Vintage elements. #Shaggyshoes from #guccifw15

A post shared by eV.Digital (@ev.digital) on

De acordo com os sapatos apresentados pela Gucci na Semana de Moda de Milão, a tendência é ficar com os pés bem peludinhos e acolhidos. Pode ser na forma de scarpin ou nos flats, mas uma coisa é certa: parece um pequeno Chewbacca. laugh

7. Fones de ouvido, Dolce & Gabbana

Divulgação
Divulgação

Apesar de não ser algo tão esquisito assim, o mais chocante é pensar que você conseguiria usar isso para viver. Imagine sair por aí com um fone de meros US$ 8.895* que tem uma coroa? Não ia dar para ver Netflix deitada na cama, com certeza.

8. Bolsas com botox, Mauro Orietti Carella

Divulgação
Divulgação

Poderia ser mais uma bolsa de grife por aí, mas o designer italiano Mauro Orietti Carella gosta de fazer uma combinação um tanto quanto exótica: couro e botox. A justificativa? O produto ajuda a amaciar o couro e transformá-lo em uma peça mais leve, maleável e à prova d’água.

9. Bolsa-sacola, Gucci

Getty Images
Getty Images

A Gucci levou realmente a sério aquela história de “desfilar com sacolas no shopping” das marcas: a maxibolsa está à venda por US$ 2.490, mas não tem o real pintado. Que pena!

 

*Preços pesquisados em março/2016

Continua após a publicidade
Publicidade