Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O retorno dos anos 80 e o novo power dressing

O power dressing ganha nova importância, já que o termo era associado a emancipação feminina no mercado de trabalho

Por WGSN
Atualizado em 20 jan 2020, 22h12 - Publicado em 25 jan 2017, 09h00

Os anos 80 estão voltando. Apesar de ser uma das décadas mais polêmicas da moda, a era oitentista começa, aos poucos, a reaparecer nas passarelas, vitrines de lojas e looks de street style, roubando espaço da tendência 90’s que dominou os últimos anos. Mas, como todo retorno da moda, a década volta com suas reinterpretações contemporâneas – então não precisamos nos assustar pensando em leggings neon e ombreiras exageradas (pelo menos ainda não)!

Desfile DKNY
Desfile DKNY ()

Repleta de elementos marcantes e fortes, a década de 80 é conhecida pelo chamado power dressing (termo nascido nos anos 80 que referência a uma maneira forte de se vestir no ambiente profissional), que começou a ser trabalhado novamente nas passarelas de Milão no Verão 2016/17, de forma discreta, em coleções que evocavam mais a volta do maximalismo italiano, em silhuetas retangulares com influência da alfaiataria masculina que invadiu o guarda roupa de mulheres na época.

Passadas mais duas temporadas de desfiles, as principais marcas do mundo continuaram a apostar na tendência, e, como tudo na moda, o nosso olhar começa a se reacostumar com a tão controversa década.

Continua após a publicidade

Mas, se nem tudo volta, o que podemos esperar do retorno dos 80? Em épocas de ávidas discussões sobre o feminismo, o power dressing ganha nova importância, já que o termo era associado a emancipação feminina no mercado de trabalho que ocorreu na década, mas emprestava peças diretamente do guarda roupa masculino, criando silhuetas quadradas.

Street Style com inspiração nos anos 80
Street Style com inspiração nos anos 80 ()

Agora, novas interpretações de peças como o blazer enfatizam a cintura, em versões arquitetônicas ou simplesmente marcadas com cintos largos. Os ombros, apesar de marcados, dispensam as ombreiras exageradas típicas da época, mas cores e materiais clássicos como cinza e blends de lã são mantidos. Ternos combinando também ganham mais importância e já começam a dominar o street style em versões mais casuais e relaxadas, e já começamos a ver a tendência no varejo internacional em versões mais comerciais.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.