Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Marina Ruy Barbosa realiza BAZAR com suas peças favoritas

Atriz se uniu à Downy para liberar espaço em seu guarda-roupa no Bazar #DownyMenoséMais.

Por Elisa Duarte Atualizado em 20 jan 2020, 18h49 - Publicado em 8 mar 2017, 15h49

Marina Ruy Barbosa é a embaixadora do primeiro Bazar da Downy, que acontece em São Paulo e Bahia, ainda no mês de março. A data ainda não foi divulgada. É a primeira vez que a atriz – reconhecida por seu estilo invejável – doará parte do seu closet para um bazar. O #DownyMenoséMais terá renda revertida a diversas ONGS.

Bazar da Marina Ruy Barbosa
Bazar da Marina Ruy Barbosa

Conversamos com a Marina sobre a iniciativa:

Como surgiu a ideia de fazer o bazar das suas roupas com a Downy?
Por que não ajudar? Acho que muita gente, se mexer no armário, vai encontrar peças que possam ser doadas, reutilizadas. É energia que circula!

Que tipo de peças as pessoas vão encontrar nesse bazar?
Encontrarão vários estilos de roupas, sapatos, acessórios, bolsas… minhas e de outros parceiros que vão doar para contribuírem com essa causa tão nobre.

Qual será o seu critério de escolha das peças que vai doar para o bazar?
Peças que eu compraria se encontrasse em algum brechó ou bazar. Então, não são as descartáveis. São as que eu gosto!

Continua após a publicidade

Você pode detalhar as suas peças preferidas?
São vestidos, batas estampadas, peças de tricô…

Em termo de quantidades, você já sabe quantas peças serão?
Ainda não tenho esse número, mas tenho certeza de que as marcas que curto e visto também ajudarão. Vamos ter muita variedade.

Agora que você vai liberar um espaço no guarda-roupa, você pretende preencher com quê?
Já estou fazendo a seleção das peças, mas acho que vou deixar assim, com espaço livre.

O conceito de bazar também é um conceito de moda sustentável. Como você lida com o consumo de moda?
Sem exageros! Bateu o olho, amou, a gente para e se pergunta: será que eu realmente preciso disso? Será que vou usar?

Você pensa nas peças que já tem na hora de fazer novas compras? Aposta nos clássicos ou não resiste às tendências?
Penso! Não sou muito consumista não. A maioria das minhas compras vêm de alguma necessidade. Sou clássica. Mas se a tendência tiver a ver comigo, por que não?

Continua após a publicidade
Publicidade