Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Estampas, miçanga e smiley face: a estética kidcore toma conta da internet

O estilo, uma releitura dos anos 1990, ganhou popularidade nas redes sociais, especialmente no TikTok, mas já chamou a atenção das grandes grifes

Por Barbara Cestaro Atualizado em 16 abr 2021, 16h53 - Publicado em 20 abr 2021, 10h00
T

alvez a primeira impressão que venha à cabeça é de uma visita ao jardim de infância, mas saiba que a invasão de colares de miçanga e das smiley faces (aquelas carinhas sorridentes) é uma estética valorizadíssima no momento. Não é exatamente novo – e é bem provável que você se lembre desse estilo popular nos anos 1990 –, porém agora ele está de volta e ganhou o nome de kidcore.

Os responsáveis por recuperar a tendência são os jovens da geração Z (nascida entre 1995 e 2010) e a motivação é uma onda nostálgica impulsionada especialmente pela pandemia. O meio em que ela bombou, contudo, não tem nada de antigo. Foi pelo aplicativo TikTok que os conteúdos com dicas de como adotar o estilo, embalados por música, viralizaram.

Quem se beneficiou com o sucesso da estética kidcore foram as pequenas marcas. A inglesa Fluffly viu suas peças de tricô esgotarem após as integrantes da banda de K-pop (ritmo surgido na Coréia do Sul) Blackpink usarem suas peças no clipe da música Ice Cream. A estilista da Irlanda do Norte, Hope Macaulay, de 24 anos, ganhou notoriedade quando seus maxi-tricôs foram escolhidos pelas irmãs Gigi e Bella Hadid e por Bruna Marquezine. No Brasil, fique de olho nos acessórios da Lulux (@luluxstudio), Sante (@santeacessorios) e Beads (@beads.online).

Surfando nessa onda, etiquetas como Carolina Herrera, Dior, Coach, Miu Miu, Stella McCartney e Moschino também lançaram recentemente coleções com elementos inspirados na estética kidcore, provando que a tendência está atingindo novos públicos, de diversas idades e potencial financeiro.

O movimento nostálgico que alavancou o kidcore faz todo sentido nos tempos turbulentos que vivemos. Fica o desejo para que a moda sirva como um respiro reconfortante, afinal, é essencial se divertir e carregar um pouco de leveza, como ensinam as crianças.

peças de roupas e acessórios
Fotos/Divulgação

1 – Óculos de sol, Off-White, na Farfetch, R$ 2 223 – compre aqui!

2 – Mule, Amaro, R$ 159,90 – compre aqui!

3 – Casaco, Farm, no OQVestir, R$ 359 – compre aqui!

4 – Brincos, Lulux, na Conceito ê., R$ 149,90

5 – Short, C&A, R$ 60 – compre aqui!

6 – Vestido, Renner, R$ 139,90 – compre aqui!

Continua após a publicidade

7 – Tênis, Converse All Star, na Farfetch, R$ 1 001 – compre aqui!

8 – Sandálias, Melissa+Lazy Oaf, R$ 259,90

9 – Bolsa, Alexandre Pavão, R$ 1 477

10 – Gargantilha, Santê Acessórios, R$ 59,90

11 – Calça Jeans, Renner, R$ 139,90 – compre aqui!

12 – Bolsa, Beads, R$ 690

13 – Camiseta, Zara, R$ 159

 

 

  • Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

    Continua após a publicidade
    Publicidade