CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Depois de Madonna, Beyoncé enfrenta processo por sua grife de roupas

Detentora da marca Dereon, que tem em parceria com a mãe, cantora é acusada de plágio por fabricante islandesa

Por Redação M de Mulher Atualizado em 20 jan 2020, 19h03 - Publicado em 23 ago 2010, 21h00
Depois de Madonna, Beyoncé enfrenta processo por sua grife de roupas

À esquerda, Beyoncé veste a legging da Dereon; à direita, a peça da E-label
Foto: Getty Images

As celebridades que se enveredam pelo mundo da moda também enfrentam as dificuldades do mercado fashion, principalmente no quesito plágio, um dos mais polêmicos da indústria.

Depois do processo contra a grife Material Girl, criada por Madonna e sua filha Lourdes Maria, anunciado na semana passada – relembre: Fabricante processa Madonna por lançar a grife Material Girl – é a vez de Beyoncé lidar com problemas na Justiça. 

Nesta terça-feira (24.08) o jornal inglês “Daily Mail” afirma que Beyoncé é acusada de plagiar um modelo de legging que criou para a sua grife de moda feminina, chamada Dereon. Quem denuncia a cantora é uma marca islandesa de roupas, a E-label.

“Não percebi imediatamente que a peça era da grife de Beyoncé. Pensei que a cantora vestisse a nossa legging. É praticamente o mesmo modelo”, reclama Helba Hallgrimsdottir, uma das proprietárias da E-label. 

Ainda segundo a executiva, Beyoncé teria comprado um exemplar da sua grife no final de 2009, em uma loja britânica da rede TopShop.

Procurada pela reportagem do “Daily Mail”, Beyoncé ainda não se manifestou sobre o assunto.

Continua após a publicidade

Publicidade