Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Dascha Polanco: por que mudar os corpos em vez de mudar o tamanho das roupas?

Em entrevista para o Today Show, atriz fala sobre autoaceitação e indústria da moda para gordas

Por Ligia Helena - Atualizado em 21 jan 2020, 03h37 - Publicado em 18 out 2016, 05h43

Já concordamos aqui que a atriz Dascha Polanco é uma maravilhosa representante da beleza plus size. Cheia de charme e autoconfiança, a atriz que interpreta Dayanara Diaz em “Orange is the New Black” foi à semana de moda de Nova York vestindo apenas um maiô, e não tem medo de vestir roupas que destaquem suas curvas.

View this post on Instagram

@theblondsny #NYFW #Selena #GlamInspired #Selflovery #ismellgood

A post shared by DASCHA POLANCO (@sheisdash) on

Continua após a publicidade

Mas nem sempre foi assim, e até recentemente ela se questionava a respeito da própria beleza. Em uma entrevista para o programa norte-americano Today Show, ela conta que quando foi à NYFW de maiô percebeu que queria se sentir livre com o corpo que tem e do jeito que é hoje. O melhor? Muitas mulheres se identificaram com o corpo que ela não teve vergonha de mostrar.

View this post on Instagram

"In my own skin but just for today I'll be in the one of a leopard." #prrrrr #dashusocrazy #ismellgood #jaytookthepicandmyfacehetookthatish

Continua após a publicidade

A post shared by DASCHA POLANCO (@sheisdash) on

“Eu costumava tentar me encaixar em tudo. Mas percebi que não faz sentido focar em algo que pode não me servir. Por que não mudar as roupas que não servem, em vez de mudar as pessoas que não servem nas roupas?“, diz Dascha.

Na entrevista, ela fala também sobre a falta de opções de estilistas na hora de se vestir para o tapete vermelho. “Hoje em dia eu tenho que procurar pessoas que queiram me vestir. Mas vai chegar um momento em que eu vou poder escolher entre várias opções”. Além disso, ela pensa em fazer as próprias roupas – para ela e, por que não, para outras mulheres que não vestem o “tamanho padrão” da indústria.

Continua após a publicidade

E aconselha as mulheres a pararem de se comparar com outras mulheres. “Sempre compare-se com o melhor de si, e só isso. Seu objetivo deve ser amar e ver coisas positivas mesmo no que você não gosta”.

View this post on Instagram

We broke that sweat… Dedicate time like anything else you do in life. It's about being healthy not losing weight. #curves #LEGDAY #Latinas @ivfitness @womenshealthmag #FirstCelebWorkout #Live

A post shared by DASCHA POLANCO (@sheisdash) on

Continua após a publicidade

É isso aí, Dascha!

Publicidade