Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

O Calendário Pirelli 2018 fotografou apenas pessoas negras

O projeto, realizado por Tim Walker, se inspirou em "Alice no País das Maravilhas". Confira as fotos maravilhosas.

Por Lucas Castilho - Atualizado em 17 jan 2020, 12h45 - Publicado em 11 nov 2017, 08h01

Um dos produtos de moda mais importantes (e tradicionais) do mundo, o Calendário Pirelli já há algum tempo busca renovação. Outrora conhecido por trazer modelos em poses impossíveis para qualquer ser humano, a edição do ano passado apresentou 15 atrizes em produção minimalista e zero Photoshop (ou o mínimo possível). Um avanço. Pois bem, a versão 2018 foi além: só pessoas negras fotografadas.

Duckie Thot
A modelo Duckie Thot é a estrela do calendário Pirelli. Tim Walker/Divulgação

Leia Mais: Não estão sabendo lidar com esta modelo que parece a Barbie

Idealizado pelo fotógrafo britânico Tim Walker e lançado nesta sexta-feira (10), em Nova York, o trabalho foi todo inspirado em “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll. Para o projeto, ele escalou 18 celebridades, entre elas, Naomi Campbell, a drag queen mais famosa do mundo (desculpa, Pabllo!) Rupaul, Whoopi Goldberg, P. Diddy, o rapper Lil Yachty, a top Adut Akech e, claro, Lupita Nyong’o.

A modelo Duckie Thot, conhecida como “a Barbie humana”, estrela o calendário.

Rupaul e Dijmon
Rupaul e Dijmon. Tim Walker/Divulgação

Importante lembrar que o calendário, em 1987, já havia fotografado apenas mulheres negras, porém o tom da edição 2018 é outro. Num momento no qual é impossível negar como o racismo está arraigado em toda a nossa sociedade, é muito importante um produto como esse não fechar os olhos para isso. Mais importante: ressignificar um conto tão popular para as novas gerações.

Continua após a publicidade

E foi exatamente isso o que Edward Enninful, editor de moda e um dos colaboradores do projeto, em comunicado enviado à imprensa, explica: “Hoje em dia, com uma Alice negra, as crianças de qualquer raça, desde pequenas, podem abraçar a ideia da diversidade e compreender que a beleza tem muitas cores diferentes. Vivemos em um mundo culturalmente diversificado. Projetos como este extraordinário Calendário Pirelli demonstram que ainda existe esperança para uma realidade que, a cada dia, aparenta ser mais cínica”.

Naomi Campbell e P. Diddy.
Naomi Campbell e P. Diddy. Tim Walker/Divulgação

Porque representatividade importa, sim.

Whoopi Goldberg e Thando. Tim Waker/Divulgação

Para conferir todas as fotos acesse o site do calendário.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade