CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Urban jungle: confira dicas e inspirações para encher a casa de plantas

Dá pra trazer a natureza para dentro de todos os ambientes. Veja como fazer isso da maneira correta.

Por Nathalia Giannetti Atualizado em 30 jun 2021, 15h41 - Publicado em 24 set 2019, 16h23

Quem vive rodeada pelo concreto da cidade sempre deseja um cantinho verde para respirar um pouco de ar puro.  É por esse motivo que o urban jungle se tornou uma das tendências da decoração, principalmente nas metrópoles. Afinal, nada melhor do que trazer a natureza para dentro do conforto de nossa própria casa.

“Gostamos de brincar que essa tendência começou no Pinterest, quando passaram a adicionar fotos da chamada floresta urbana. E isso tudo foi um processo natural, as pessoas sentiram a necessidade de ter plantas em casa, começaram a se inspirar nas imagens da internet e perceberam que não é tão difícil de cuidar, não ocupa tanto espaço, traz bem-estar. As redes sociais promovem muito essa propagação da moda hoje em dia e com urban jungle não foi diferente”, explica a arquiteta paisagista Catê Poli. 

Quais plantas escolher para decorar cada cômodo?

O bom desse tipo de decoração é que ela combina com todos os ambientes da casa. Você poder encher a sala, os quartos, a cozinha e o banheiro de plantas. Mas antes de começar a montar a sua floresta, preste atenção nas características de cada cômodo, como umidade e insolação, para escolher quais plantas comprar.  

“Na cozinha, é bom termos temperos e ervas, mas, para isso, é preciso ter luz solar“, diz a  paisagista Bia Abreu. Então a dica é organizar os vasos perto da janela, onde bate sol. Outro local indicado para uma hortinha é a varanda, que costuma ser bastante iluminada. Nela, também podem se adaptar mais algumas espécies que necessitam de vento e luz solar plena para se desenvolver, como as plantas frutíferas, a maioria das que possuem flores (petúnias, gêranios, onze-horas, azaleia) e cactos.

Se a varanda não for tão iluminada, vale investir nas espécies de sombra e meia-sombra. Elas também conseguem se adaptar a quartos e sala, ambientes com menor incidência de luz solar. São elas “samambaia, rhipsalis, chamedória, palmeira-ráfis, jiboia, dracena, pleomele verde, pacová, alguns filodendros, espada-de-são-jorge e algumas suculentas. São plantas que se dão bem em diferentes ambientes e situações”, recomenda Catê.

Já no caso do banheiro, é preciso ter mais atenção. Esse ambiente costuma ser mais escuro e úmido que os outros e, portanto, deve abrigar a vegetação que prefere locais com menor insolação e aguenta a umidade: lírios-da-paz, bálsamo, violeta, bambu, espada-de-são-jorge, ciclanto, samambaia, orquídea e bromélia.

Cuidados

  • Antes de comprar qualquer planta, procure saber sobre as suas necessidades de rega, poda, iluminação e adubação
  • Preste bastante atenção nessas informações! Se preciso, faça uma tabela para lembrar de quando as espécies de sua floresta precisarão de luz e água, por exemplo
  • Não esqueça das podas! É preciso retirar os ramos e folhas ressecados de vez em quando, de maneira a ajudar a planta a se desenvolver.

Como decorar

Na hora de montar a sua decoração você pode combinar uma variedade de texturas, tamanhos de folhas e alturas. Além dos vasos tradicionais no chão, coloque alguns em cima de mesas, pendure nas paredes e teto utilizando ganchos.

Confira algumas inspirações:

Continua após a publicidade

Publicidade