Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

As receitas do chef Benny Novak para o Dia dos Pais

Apaixonado por comida, música e pelos filhos, ele comanda a cozinha de dois restaurantes em São Paulo com a intensidade de um bom blues

Por Lorena Tabosa - Atualizado em 17 fev 2020, 14h48 - Publicado em 7 ago 2019, 08h00

A rotina não é moleza em uma casa com quatro crianças. Mesmo dividindo as tarefas com a mãe de seus filhos, o chef paulistano Benny Novak, 47 anos, precisa se desdobrar para dar conta dos dois restaurantes que comanda em São Paulo, das casas das quais é sócio pela Cia. Tradicional de Comércio e seguir sendo um pai presente. “Sempre quis ter filhos, desde muito cedo. Mas não nos programamos para quatro. Depois do casal, planejamos um terceiro; só que vieram os gêmeos!”, diverte-se ele ao falar de Sofia, 17 anos, Fernando, 14, André e Gabriel, 10.

A mais velha nasceu ao mesmo tempo que o Ici Bistrô, primeira casa de Benny, em 2002. “Foi uma delícia, mas também ‘osso’. Como saía tarde do restaurante, eu cuidava da mamada da madrugada. E assim foi com os outros filhos. Agora o trabalho está bem mais tranquilo e consigo me livrar um pouco dos horários malucos para poder ficar com as crianças.”

Paizão e louco por música, o chef Benny Novak apresentou cedo aos filhos seus discos e instrumentos. Virou uma paixão coletiva. Depois deste almoço especial, ele aproveitou para mostrar alguns acordes para Fernando (na foto, com o violão), os gêmeos André (de óculos) e Gabriel e a primogênita, Sofia
Paizão e louco por música, o chef Benny Novak apresentou cedo aos filhos seus discos e instrumentos. Virou uma paixão coletiva. Depois deste almoço especial, ele aproveitou para mostrar alguns acordes para Fernando (na foto, com o violão), os gêmeos André (de óculos) e Gabriel e a primogênita, Sofia. Bruno Geraldi/CLAUDIA

Diferentemente do que acontece com a maioria dos chefs, a relação de Benny com a culinária não foi herança da avó ou da mãe. Seu interesse pelas panelas surgiu por volta dos 14 anos, quando os pais saíam ou viajavam e ele ficava sozinho em casa experimentando colocar tudo que tinha na geladeira dentro de uma caçarola de arroz. “Minhas primeiras receitas vieram de livros do Sergio Arno e do Emmanuel Bassoleil.”

Veja o que está bombando nas redes sociais

A cozinha profissional iniciei há quase 25 anos, depois de um curso no Le Cordon Bleu, em Londres. “Antes disso, eu trabalhava com meu pai em uma administradora de imóveis. Ele logo percebeu que eu ficava de saco cheio no escritório. Então não via a hora de eu cair fora”, comenta o chef. De volta ao Brasil, passou pelo Cantaloup e pelo Namesa, até que decidiu embarcar para uma temporada em Miami, onde teve seu primeiro cargo de relevância como subchef no Le Bouchon du Grove, restaurante que mistura os sabores de Lyon, na França, e do sul da Flórida.

Retornou com o objetivo de abrir o próprio negócio. Ao lado do restaurateur Renato Ades, Benny administra as cozinhas do Ici Bistrô e do Tappo Trattoria. No primeiro, revisita a culinária francesa. No segundo, a paixão pela comida italiana ganha asas e dá origem a muitas massas artesanais.

O chef Benny Novak Bruno Geraldi/CLAUDIA

Aliás, macarrão com molho de tomate e bifinhos grelhados estão entre os pratos favoritos dos gêmeos André e Gabriel. Fernando adora arroz e feijão, mas se rendeu aos encantos da cozinha oriental, especialmente a coreana e a chinesa. Já Sofia prefere peixes e saladas, pois não come carne vermelha.

Continua após a publicidade

Neste almoço em família, cada filhote do pai coruja foi representado. O cardápio incluiu massa com ragu à bolonhesa, assado de porco com batatas, macarrão de batata-doce vegetariano com um toque oriental e duas sobremesas, para não deixar ninguém descontente.

“Com quatro filhos, um assado grande é sempre uma boa pedida. Onde há crianças, musse de chocolate não pode faltar – na verdade, chocolate é que não pode faltar! Já a tarte tatin é uma tentativa de fazê-los comer uma sobremesa diferente. Das tortas francesas, é a minha preferida”, explica Benny. A regra da casa é buscar receitas simples, que se resolvam com no máximo duas panelas. “Com esse batalhão, se não for assim, haja louça para lavar!”

Taça, Open Box 2; copos, Atelier Muriqui de Cerâmica; pratos e talheres, Blue Gardenia; pratos (com pão), M.Dragonetti; jogo americano, Divino Espaço; canecas e guardanapo, Amoreira
Taça, Open Box 2; copos, Atelier Muriqui de Cerâmica; pratos e talheres, Blue Gardenia; pratos (com pão), M.Dragonetti; jogo americano, Divino Espaço; canecas e guardanapo, Amoreira Bruno Geraldi/CLAUDIA

Acostumados a frequentar os restaurantes do pai desde cedo, Sofia, Fernando, André e Gabriel são praticamente críticos gastronômicos. Benny conta que, aos 6 anos, Fernando pediu um prato de arroz e feijão no Ici Bistrô. Como não faz parte do cardápio, ele ofereceu ao filho um pouco da comida preparada para os funcionários. “Costuma ser uma delícia, mas naquele dia algo deu errado com o feijão. Na hora que colocou na boca, ele reclamou. Experimentei, e realmente estava completamente sem gosto”, lembra o chef.

Em outra ocasião, Benny decidiu mudar o patê de berinjela que durante algum tempo serviu no restaurante e passou a defumá-lo. A primogênita, Sofia, adorava o prato e logo opinou: ‘Pode voltar a fazer como era antes porque assim não está legal’”, conta, achando graça na personalidade forte dos filhos.

Os filhos do chef Benny Novak, Sofia, 17; os gêmeos André e Gabriel 10; e Fernando, 14. Bruno Geraldi

Confira as 7 receitas para os dias dos pais:

Salada Chop Chop

Atelier Muriqui de Cerâmica; bandeja, Divino Espaço; bowls e talheres, Blue Gardenia; guardanapo, Valencien Bruno Geraldi/CLAUDIA

Camarão grelhado

Tábua, Utilplast; bowl, Atelier Muriqui de Cerâmic Bruno Geraldi/CLAUDIA

Macarrão frio de batata-doce

Travessa, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica Bruno Geraldi/CLAUDIA

Prime rib suíno com batatas

Prato, Blue Gardenia; taça, Open Box 2; jogo americano, Divino Espaço; copo, Atelier Muriqui de Cerâmica Bruno Geraldi/CLAUDIA

Ragu a bolonhesa

Pratos, Blue Gardenia e M.Dragonetti; copos, Atelier Muriqui de Cerâmica; taças, Open Box 2; jogo americano, Divino Espaço Bruno Geraldi/CLAUDIA

Sopa fria de tomate

Taça, Open Box 2; copos, Atelier Muriqui de Cerâmica; pratos e talheres, Blue Gardenia; pratos (com pão), M.Dragonetti; jogo americano, Divino Espaço; canecas e guardanapo, Amoreira Bruno Geraldi/CLAUDIA

Tarte tatin

Prato azul e prato marrom, Olaria Paulistana Atelier de Cerâmica; prato branco e bowl, Quintal das Artes; guardanapo, Valencien; talheres, Amoreira Bruno Geraldi/CLAUDIA

Leia mais: Dia dos Pais: mimos para agradar por até R$ 50

 

+ Relacionamento abusivo: saiba se você está em um no podcast Senta Lá, CLAUDIA

Continua após a publicidade
Publicidade