Yanna Lavigne: ‘O jeito brejeiro é meu, mas, engraçado, não vejo o lado sensual em mim’

A intérprete da personagem Fátima, de Além do Horizonte, conta que aprendeu com a mãe a respeitar a energia da terra e do vento

Yanna gosta de sentir as energias da natureza
Foto: Ernani d’Almeida

Bastaram alguns cliques dentro da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro, para um grupo de 15 quatis cercar Yanna Lavigne, 24 anos. Estar em contato com a natureza é algo muito familiar para a paulista criada em Porto Alegre, que passou quatro anos entre Nagoia e Tóquio, no Japão. A atriz, se assume, no bom sentido, uma brejeira. “Sou brejeira e nada sensual. O jeito brejeiro é meu, mas, engraçado, não vejo esse outro lado em mim”, analisa.

No plano pessoal, casamento não é um assunto conversado entre ela e o atual namorado, o ator Bruno Gissoni, 27. Mas de se tornar mãe, tem muita vontade, ela admite. “Quero família grande, com mesa cheia, todo mundo falando o tempo todo. Gosto desse clima. Mas não tem um prazo para eu virar mãe”, explica Yanna.

Yanna Lavigne: 'O jeito brejeiro é meu, mas, engraçado, não vejo o lado sensual em mim'

Atualmente ela namora o ator Bruno Gissoni
Foto: Ernani d’Almeida