CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Vídeos do BBB19 incitam debate sobre racismo nas redes sociais

Vídeos com declarações polêmicas caíram no Twitter e viraram material para debate nas redes sociais.

Por Fábio Garcia Atualizado em 16 jan 2020, 02h18 - Publicado em 18 jan 2019, 14h18

Quem vê o BBB19 com desdém não percebe a riqueza que o programa pode oferecer. Por juntar pessoas de diversas etnias e vivências, alguns assuntos muito importantes podem ganhar destaque e serem discutidos pelo pessoal aqui do lado de fora, e isso é muito bom. Em poucos dias de BBB19, por exemplo, tem rolado bastante debate a respeito de racismo devido a algumas conversas rolando dentro da casa.

Um dos vídeo que tem sido compartilhado nas redes sociais é o que Tereza fala sobre racismo reverso para Isabella. Gabriela e Rízia, duas participantes negras, conversam calmamente para explicar que não existe coisas como “racismo inverso” e explicam a origem do preconceito. Ao final da conversa, Isabella e Tereza entendem o que foi explicado e esta até pede desculpas por ter usado o termo errado.

Outro vídeo que tem repercutido bastante é esse a seguir no qual Paula assume que Danrley já usou drogas ilícitas, mesmo o brother negando diversas vezes.

O vídeo já serviu como material para debater como negros moradores de comunidades costumam ser vistos por outros como usuários de drogas, enquanto uma pessoa branca não tem sua reputação abalada por falar em rede nacional que já usou entorpecentes.

Esse tipo de discussão dentro do BBB só é possível porque a produção colocou uma quantidade maior de participantes negros. Anteriormente a etnia era representada por apenas dois participantes, dessa vez temos quatro negros disputando o prêmio de um milhão e meio. Esperamos que essa representatividade (ainda que pequena, se compararmos com a proporção de pessoas negras no Brasil) ajude para discutir temas tão importantes.

Continua após a publicidade

Publicidade