Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Vergonha!”: Gisele critica decreto de Temer sobre a Amazônia

A top usou suas redes sociais para criticar uma medida que foi publicada hoje pelo governo federal.

Por Redação Estilo Atualizado em 17 jan 2020, 17h39 - Publicado em 24 ago 2017, 17h58

Hoje de manhã, o governo federal publicou um decreto que extingue a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca), uma área de 47 mil quilômetros quadrados entre o Pará e o Amapá, que estava proibida para mineração desde 1984.

Segundo a WWF Brasil, essa medida de Michel Temer pode causar impactos irreversíveis, além de colocar em risco diversas áreas protegidas, como florestas estaduais, reservas ecológicas e terras indígenas. “É mais uma das medidas previstas pelo governo Temer para estimular o desenvolvimento econômico e engordar o PIB brasileiro”.

Sabendo desta notícia, Gisele Bündchen, que é uma grande ativista em prol da Amazônia, usou  sua voz nas redes socais para criticar esse decreto.

“VERGONHA! Estão leiloando nossa Amazônia! Não podemos destruir nossas áreas protegidas em prol de interesses privados”, disse em seu Twitter, acima do compartilhamento da matéria do WWF com a notícia.

“A Floresta Amazônica ajuda a manter o equilíbrio para que a vida possa continuar em nosso planeta. É nosso dever protegê-la. Nossa vida depende da saúde do nosso planeta”, escreveu em seu Instagram.

Leia Mais: Gisele Bündchen responde post de Michel Temer: ‘estamos de olho’

Que mais famosos usem suas vozes para lutar contra esse – e tantos outros – tipo de atrocidade!

Continua após a publicidade
Publicidade