CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Toda a graça de Mayana Neiva

Atriz, cantora, compositora, poetisa... Conheça a ex-miss Paraíba que, aos 27 anos, tem roubado a cena de Ti-Ti-Ti com sua Desirée

Por Redação M de Mulher Atualizado em 20 jan 2020, 18h18 - Publicado em 6 set 2010, 21h00

Mayana Neiva está no ar com Desirée 
de Ti-ti-ti
Foto: Reprodução/ Revista VIVA!MAIS

Herança paraibana

Carrego a intensidade dos nordestinos, pois o temperamento das pessoas se mistura ao clima. E Nordeste é excesso – de sol, de estrelas. Nada pior do que ouvir: “Nossa, você é paraibana? Não parece!”. Sinto orgulho da Paraíba, é o meu lugar!

Atriz por acaso

Aos 16 anos, fiz intercâmbio nos Estados Unidos. Lá, havia teatro na escola. Na primeira aula, decidi: era o que faria para o resto da vida. Fiquei até os 20 anos e me formei em drama na Universidade de São Francisco.

Dois lados do sucesso

Quando alguém se aproxima por carinho, para comentar uma cena, é bom. Há quem queira se aproveitar. Mas é possível distinguir o que cada um é ou não.

Artista x celebridade

Qualquer uma que aparece nua por qualquer razão – da mais constrangedora à mais válida – vira celebridade. Mas um artista é o observador e não o observado.

Continua após a publicidade

Atleta do coração

Não gosto de pouco amor, pouca vida. Para mim, tudo é muito! Sempre faço atletismo afetivo, que é o exercício do coração [risos]. Mas estou solteira. Para me apaixonar, o homem precisa ter alma, sensibilidade. Isso é muito raro! Sou dos afetos construídos. Só fico com quem me faz bem. Então, quando acaba, não é fácil: rende música, choro, poema…

Segredos de beleza

1. Sempre lavo bem o rosto e duas vezes por semana, à noite, uso um ácido.
2. Só durmo quatro horas após comer.
3. Aumentei a quantidade de grãos e cereais na alimentação. Melhorou minha digestão e diminuiu a retenção líquida.

É da careca que eles gostam

Raspar a cabeça [para a minissérie Pedra do Reino, 2007, Globo] foi incrível: as pessoas mais interessantes que se aproximavam não vinham só pela estética. Estou louca para fazer um moicano, como o da Guilhermina Guinle. Mas aí não terei emprego [risos].

Posar nua?

Jamais! Como atriz, me exponho muito – já fiquei nua em cena. Mas minha vida, minha alma, não estão à venda. E há outras formas de conseguir grana. Fico nua para quem quero.

A travessia

Eu me vejo na última frase do livro Grande Sertão-Veredas [de Guimarães Rosa]: “O homem é composto pela travessia”. Você não chega a algum lugar; você está nos afetos, nos encontros…

Continua após a publicidade

Publicidade