Clique e assine com até 75% de desconto

Tente não se irritar com a entrevista do ex-BBB Marcos no Porchat

Em entrevista para o "Programa do Porchat", Marcos Harter comentou sua expulsão do "BBB", machismo e fez questão de minimizar a denúncia de agressão.

Por Fábio Garcia Atualizado em 20 jan 2020, 09h26 - Publicado em 2 ago 2017, 15h15

Nessa última madrugada (2), o “Programa do Porchat” recebeu um convidado polêmico para uma entrevista. Fábio Porchat levou para seu sofá Marcos Harter, ex-BBB da última edição expulso por agredir sua então namorada Emilly, e comandou uma entrevista cheia de tensão. O programa, sempre muito bem humorado, estava cauteloso com um convidado daqueles.

Logo no começo da entrevista, Marcos afirmou ter sido eliminado do “Big Brother Brasil” por uma ~suposta~ agressão. Questionado pelo apresentador, ele explicou que não houve agressão física, apenas uma discussão tensa. Logo após essa declaração de Marcos, a produção do talk show exibiu trechos de Emilly reclamando de dor por causa das beliscadas do médico.

Marcos minimizou a discussão dizendo que a participação no reality foi uma brincadeira, mas Fábio Porchat consertou ao falar que era bem real. O ex-BBB então mudou o discurso, e concordou que aquilo era real sim. Ainda sobre o assunto da agressão, Marcos disse que também foi agredido por Emilly e estava com várias marcas de unhadas no braço, e afirmou defender os direitos iguais entre os sexos quando perguntado se era machista. Por sorte o apresentador lembrou durante a entrevista que Marcos é muito maior que a agredida.

Ouvir Marcos Harter contar sobre o pós-reality chega a ser revoltante. O ex-BBB contou ter feito encontro com fãs em diversas cidades, e viu seu número de pacientes aumentar em sua clínica de cirurgia plástica a ponto de praticamente ter acumulado o equivalente ao prêmio final do “Big Brother Brasil”. Segundo ele, a “””suposta””” agressão à Emilly não afetou em nada em sua clientela, composta de 90% de mulheres. Inclusive teve mulher indo até ele pedindo para ser agredida (!!!).

Continua após a publicidade

Em alguns pontos da entrevista, Marcos tentou diminuir os comentários de Fábio Porchat por ele não ter assistido ao programa. Mesmo assim, o entrevistador conseguiu encurralar Marcos em alguns momentos da entrevista. O médico questionou por que fizeram uma campanha #MexeuComUmaMexeuComTodas contra ele e não contra o José Mayer, e Porchat precisou lembrar que essa campanha foi para o ator da Globo. Quando o convidado se mostrou indignado por ter sido afetado pela campanha só porque é anônimo, o apresentador precisou consertar a informação ao dizer que José Mayer havia ido pra geladeira da Globo.

Para quem acompanhou todo o “Big Brother Brasil” (como nós, que fizemos uma cobertura especial do programa), deu para perceber claramente que Marcos usou as mesmas estratégias argumentativas que utilizava para ganhar discussões no reality. Interrompia Porchat, proferia dados que tirava do éter e até manipulava situações para se vitimizar. Por exemplo, no meio da entrevista ele contou como ele ficou mal com a eliminação de Ilmar, ignorando totalmente o clima de guerra que ele estava com o ex-brother antes de sua eliminação.

Ao final da entrevista, Fábio Porchat falou brincando que espera receber Marcos novamente depois de sua participação em “A Fazenda“. A piada, entretanto, pode acabar virando realidade: muitos veículos já dão como certa a participação de Marcos Harter na próxima temporada do reality de confinamento da RecordTV.

Continua após a publicidade
Publicidade