Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Série ‘Pais de Primeira’ quer lutar contra o clichê da “mãe chata”

A série nova da Globo tem muito desespero, humor e fraldas para serem trocadas.

Por Fábio Garcia - Atualizado em 16 jan 2020, 08h55 - Publicado em 17 set 2018, 17h53

A Globo tem se esforçado muito nos últimos tempos para produzir mais séries e não ficar tão dependente de novelas, e o resultado tem sido maravilhoso. Muitas séries produzidas pela emissora nos últimos tempos não deixam nada a desejar pra uma HBO ou Netflix da vida, como Carcereiros e a incrível ‘Sob Pressão‘. Mas nem só de série “séria” pode viver uma emissora, e por sorte tem uma comédia muito legal vindo aí, ‘Pais de Primeira‘.

Nessa nova série vamos acompanhar todos os passos da gravidez de Taís (Renata Gaspar) ao lado do marido Pedro (George Sauma), dois jovens que vão se ver jogados nesse universo de maternidade do nada. Os dois são autênticos millenials, ela administradora de uma empresa de start-ups e ele um compositor de jingles para comerciais, e vão mostrar como é hoje em dia esse período tão mágico (e trabalhoso) para as pessoas. Afinal, ter um filho em 2018 é muito diferente do que era há dez, vinte ou trinta anos.

Renata Gaspar na série Pais de Primeira
Pais de Primeira – Renata Gaspar é Taís Siqueira na série. Globo/ Estevam Avellar/Divulgação

No encontro com a imprensa nos Estúdios Globo, George Sauma contou que a série é para o pessoal que tem medo da situação da paternidade, e que mesmo sendo uma comédia vai tratar das coisas de um jeito bem humano e com leveza. “Adoro uma comédia triste“, disse o ator. Já Renata Gaspar viveu na pele o choque de ter uma criança em seus braços: por conta de uma conjuntivite, ela não pôde conhecer previamente as crianças com as quais iriam contracenar, então a primeira cena da personagem em choque segurando o bebê foi bem próxima da reação da própria atriz.

Mas eles não estarão sozinhos nessa comédia. Além de tios e amigos (que sempre sabem mais como cuidar do bebê do que eles mesmos), o jovem casal terá a ajuda dos avós. Marisa Orth e Daniel Dantas farão os pais do personagem de George Sauma (sim, repetindo a dobradinha mãe-filho de ‘Toma Lá Dá Cá‘), enquanto Heloísa Perissé e Nelson Freitas interpretam os pais da personagem de Renata Gaspar. O tipo de conflito esperado nisso é do mais divertido possível: diante de uma nova netinha, veremos todos os quatro competindo pela atenção da recém-nascida.

Continua após a publicidade

A série é escrita por Antonio Prata, famoso escritor e cronista, e tem um pouco da experiência paterna dele e da equipe de roteiristas no texto da série. Cada episódio da série focará em um tema específico, pois tem o episódio do nascimento, um apenas com as visitas pós-parto e até um episódio com a primeira saída (também chamada de “alforria por uma noite”) de Taís.

Daniel Dantas e Marisa Orth na série Pais de Primeira
Pais de Primeira – Daniel Dantas e Marisa Orth interpretam os avós paternos, Augusto e Rosa. Globo/ Estevam Avellar/Divulgação

Antonio explica que a série mostra uma faceta diferente de paternidade do que víamos no passado, sobretudo na forma mais igualitária de se dividir as tarefas atualmente. Se no passado o ideal era o pai “ajudar” em casa, atualmente enxergamos o casal realizando todas as funções em pé de igualdade.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Um detalhe curioso (e muito louvável) na produção da série é que o autor não queria recorrer ao clichê de mãe que “poda o marido”, que sempre se coloca como a chata anti-diversão. “Queremos lutar contra o clichê da mãe chata“, revelou Prata ao contar que o papel de pessoa mais cricri ficou com o marido, já a esposa é bem mais tranquila e divertida.

‘Pais de Primeira’ tem previsão de estreia para novembro, com exibição nas tardes de domingo. A primeira temporada conta com seis episódios e, a julgar pela química dos atores e a qualidade da equipe de produção, tem tudo para continuar por um bom tempo.

Publicidade