Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rodrigo Faro estreia novo programa no domingo: ‘Às vezes nem acredito que isso está acontecendo’

Comemorando 6 anos como apresentador, Rodrigo confessa que recebeu conselhos de Gugu e Luciano Huck. A partir do dia 27 de abril, a Hora do Faro promete entrar com tudo na batalha pela audiência dos domingos

Por Emilãine Vieira Atualizado em 15 jan 2020, 05h43 - Publicado em 16 abr 2014, 21h00

A Páscoa de Rodrigo Faro, 40, será tranquila: de frente para o mar, em Angra, curtindo a paz, as filhas e a esposa. No meio da descontração, o pai coruja espalhará pegadas de coelhos que vão guiar Maria, 7, Clara, 5, e Helena, 1, na caça aos ovos de chocolate. O feriado define o tipo de rotina que o apresentador gosta de levar com a esposa, Vera Viel, 38, longe da televisão. “Uma vida mais gostosa, mais serena, isso é o que eu busco quando não estou trabalhando”, ele afirma. Mas essa calma está muito longe de ser um retrato do cotidiano de Rodrigo. Na verdade, ele tem enfrentado alguns dos dias mais corridos de sua carreira.

No próximo domingo (27), às 15h15, estreia a Hora do Faro, o novo programa dominical da Record, que substitui O Melhor do Brasil. A produção dos novos quadros, apresentados em três cenários diferentes – um deles localizado na cidade de Paulínia -, só podia resultar em gravações intensas. “Minha agenda está uma loucura. A gente está fazendo, pelo menos, três dias de estúdio. Fora isso, tem a minha família, as minhas filhas, e as campanhas que eu faço. Mas eu estou feliz, era o que eu queria”, ele assume. A correria afetou até o físico de Rodrigo. “Eu não consigo engordar, não saio dos 58kg! Estou malhando igual a um cavalo de manhã cedo”, brinca. Os treinos são focados nas pernas. “Para ver se eu consigo aguentar ficar em pé. Sim, está uma doideira”, ri.

A nova fase da carreira indica uma aposta ainda maior da emissora no sucesso do apresentador, que já chegou alcançar a liderança de audiência. Há oito meses, O Melhor do Brasil migrou repentinamente do sábado para cobrir a lacuna deixada pela saída de Gugu Liberato. “Na minha semana de estreia no domingo, eu fiquei sem dormir, sem comer, com dores nas costas… Fiquei de uma maneira que eu nunca havia estado na vida. Mas agora me sinto mais seguro”, confessa. Ao contrário de O Melhor do Brasil, Hora do Faro promete uma programação inteiramente pensada para enfrentar a concorrência mais acirrada da televisão brasileira. “O público do domingo é mais exigente. A ideia agora é ir com tudo, mas principalmente com humildade. Estou chegando agora. Tem gente no domingo há 20, 30 anos”, completa.

Rodrigo Faro estreia novo programa no domingo: 'Às vezes nem acredito que isso está acontecendo'

Conselhos do alto escalão

Para enfrentar a difícil missão dominical, Rodrigo Faro contou com conselhos de grandes apresentadores, incluindo Gugu Liberato e Luciano Huck. Ele comenta que, ao sair da emissora, Gugu conversou seriamente com ele e explicou: “O domingo não é brincadeira. A reponsabilidade é muito grande. Por mais que você tenha feito sucesso e até história no sábado, você vai olhar para o lado e vai ver Fausto Silva. Vai olhar para o outro e vai ver Silvio Santos, Eliana, jogo de futebol… E você vai ter que ter consistência. Por mais que vá bem, não fique tranquilo, porque no outro domingo tem mais uma guerra”.

A pressão deixou o apresentador preocupado. “O Luciano viu como eu estava e disse: ‘calma, pense no conteúdo. Não entre nessa viagem de audiência. Faça um bom programa que ela vai vir. As pessoas gostam de você, têm carinho por você. Foque no seu programa’. Ele está certo, se não for assim, você fica pirado e esquece do que é o mais importante”, afirma Rodrigo.

Continua após a publicidade

Isso Eu Faço

Entre as novidades propostas pela Hora do Faro está o quadro Isso Eu Faço, que reunirá oito famosos em trezes desafios surpresa. Eles terão que superar seus limites em provas de habilidades que prometem momentos de adrenalina e diversão. Antonia Fontenelle, Camila Rodrigues, Corona, Daniel Erthal, MC Guimê, Micael Borges, Nicola Siri e Pérola Faria disputarão o prêmio semanal de 10 mil reais, além do grande prêmio final, de 100 mil. “Eles estão superansiosos e eu também”, diz o apresentador.

6 anos como apresentador

Foi em abril de 2008 que Rodrigo Faro estreou no comando de um programa, quando trocou o SBT pela Record e deixou os planos de apresentar Ídolos para substituir Márcio Garcia em O Melhor do Brasil. Apesar do sucesso rápido, ele prefere manter o pé no chão: “Às vezes eu nem acredito que isso pode estar acontecendo, sabe? E é melhor que eu não acredite, porque nunca vou mudar minha cabeça, vou continuar trabalhando duro para fazer o melhor.”

Mesmo com as diversas mudanças no formato, ele descarta a possibilidade do programa passar a ser exibido ao vivo. “Me deixa em casa de cueca no sofá, brincando com minhas filhas! A gente já trabalha demais a semana inteira”, brinca. “Não dá para fazer tantos quadros com tantos cenários ao vivo”, explica.

E a vida de apresentador não dá trégua mesmo. Apesar de preservar os fins de semana para a vida pessoal, ele não deixa de dar uma conferida no trabalho. “No domingo, eu acompanho um pouquinho do que está acontecendo. Vejo o minuto a minuto… Mas vejo em cima do skate com minha filha, dentro da piscina, no meio da brincadeira de casinha. O domingo é isso, a televisão ligada e você com a família”, garante.

Rodrigo Faro estreia novo programa no domingo: 'Às vezes nem acredito que isso está acontecendo'

Fotos: Leo Franco / AgNews

Continua após a publicidade
Publicidade