Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Revista sensacionalista afirma que Gisele Bündchen e Tom Brady teriam pedido divórcio milionário

Revista afirma que os dois são ótimos pais e estariam preocupados com o bem-estar das crianças

Por Elisa Duarte Atualizado em 21 jan 2020, 19h52 - Publicado em 12 ago 2015, 13h47

A revista OK! estampou em sua capa uma chamada provocativa sobre a suposta separação da modelo brasileira Gisele Bündchen e o astro do futebol americano Tom Brady. “460 milhões em jogo. Gisele e Tom se separam. Gisele surta, a briga que os separou, mensagens de raiva e noites sem sexo”, diz a capa.

Sem comunicado oficial de ambas as partes, a revista cita fontes que afirmam que Gisele apenas posta fotos românticas em suas redes sociais para abafar a crise conjugal, e que a modelo teria deixado a casa após uma briga na noite do aniversário de Tom e que os dois estavam se correspondendo através de mensagens de textos raivosas.

“Antes de se casarem, Tom e Gisele já decidiram como tudo seria dividido, então seria simples terminar tudo. Eles estão tranquilos em relação aos bens do casal e esperam fazer o mesmo em relação aos filhos. Eles são ótimos pais”, revelou a fonte.

A revista ainda afirma que o motivo da última briga teria sido Christine Ouzounian, de 28 anos, a mesma babá envolvida na separação de Ben Affleck e Jennifer Garner. Christine postou em sua rede social uma foto em que usava os anéis do Super Bowl do jogador dentro do jato particular no qual ela teria viajado com Tom e Ben para Las Vegas. 

Em 2010, a PEOPLE noticiou uma briga entre o casal Tom Brady e Gisele Bündchen após uma foto indiscreta da modelo ter sido divulgada. Na imagem, Gisele aparece muito próxima do amigo Helly Nahmad, dando a impressão de um selinho.

Continua após a publicidade
Publicidade