Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Rainha Elizabeth reaparece em um passeio a cavalo durante isolamento

Enquanto se divertia com um pônei de 14 anos em Windsor , William e Kate decidem processar uma revista britânica

Por Da Redação - Atualizado em 1 jun 2020, 12h46 - Publicado em 1 jun 2020, 11h56

No começo do mês de maio, a rainha Elizabeth II decidiu se isolar no castelo de Windsor, na Inglaterra, até que uma vacina para o novo coronavírus fosse encontrada.

Após a flexibilização da quarentena, ela foi vista neste domingo (31) cavalgando no pônei Balmoral Fern, de 14 anos. Foi a primeira vez que a monarca foi vista desde que decidiu se isolar.

View this post on Instagram

🐴 The Queen is pictured riding Fern – a 14 year-old Fell Pony – in Windsor Home Park this weekend. . Her Majesty has enjoyed riding since childhood and is closely involved with the welfare of the horses she owns for breeding, riding and racing. . Photos: Press Association

A post shared by The Royal Family (@theroyalfamily) on

Mas o momento de tranquilidade é apenas para a rainha. Kate Middleton e o Príncipe William irão processar a revista Tatle Magazine, segundo um relatório, por uma reportagem “cruel e sexista” contra Kate.

Continua após a publicidade

De acordo com o jornal Mail on Sunday, o casal teria enviado cartas à revista exigindo que o perfil da duquesa fosse removido da internet. A chamada sugere o nome “Catherine, a grande”, onde pareciam ser elogios à Kate, mas na verdade, era o contrário. O título estava logo na capa da última edição, e até domingo, ainda estava na internet.

Fontes próximas de Kate e William disseram ao jornal que o casal ficou bem irritado com a ideia sugerida pela revista de que a duquesa de Cambrigde presa e cansada por conta do aumento de tarefas após a saída de Meghan e Harry da Família Real.

Além disso, a revista ainda diz que Kate está “perigosamente magra” comparando com os distúrbios alimentares da princesa Diana. “É sexista e envergonha as mulheres”, disse a fonte ao jornal.

Segundo a fonte, o casal processará a revista porque a reportagem contém muitas mentiras. Depois que o Palácio de Kensington falou sobre as notícias falsas e deturpações, o editor-chefe da Tatler, Richard Denner insistiu que apóia a matéria e que é baseada em depoimentos de amigos e funcionários.

Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade