Rainha foi passear por estar com insônia e quase levou um tiro

Quem relatou o caso foi o próprio guarda que quase a matou às 3h00 da madrugada.

Se muitas pessoas tem insônia por estarem preocupadas com seus afazeres, imagina a monarca do Reino Unido! A rainha Elizabeth II faz parte dos 45% da população mundial que sofre desse mal e costuma dar passeios noturnos pelo Palácio de Buckingham para aplacar o sono – o que quase resultou em uma tragédia.

Segundo o jornal The Times, em uma dessas caminhadas, um ex-guarda encarregado de fazer a segurança real quase a acertou com um tiro. À reportagem, ele (que não quis ser identificado) contou que estava patrulhando a área externa do palácio por volta das 3h00 da madrugada e assustou-se com uma “figura” na escuridão.

Leia também: Gosta da família real britânica? Veja The Crown

Seu intuito foi atirar, mas antes ele perguntou quem era e a rainha prontamente se identificou, surpreendo-o. Ele, então, gritou: “Maldito inferno, Majestade, eu quase atirei em você”.

Quando percebeu que havia se exaltado em frente à monarca, ele pensou que seria reprimido, mas ouviu em retorno “Tudo bem. Da próxima vez eu irei me anunciar para que você não atire em mim”.

Leia também: 4 vezes em que quisemos ser netas da Rainha Elizabeth II

De acordo com o ex-guarda, na ocasião, a rainha Elizabeth II usava uma capa de chuva, o que dificultou a identificação.

Essa foi por pouco, hein? Imagina se, após 64 anos de reinado, ela morre dessa maneira!