Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

“Queria ser mãe desde os 25 anos, mas não conseguiria naquele ritmo estressante”, afirma Babi Xavier

A atriz e apresentadora conta à CONTIGO! como encontrou um novo rumo após o auge da fama e o nascimento da filha, Cinthia, de 1 ano e 4 meses

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 15 jan 2020, 23h44 - Publicado em 21 Maio 2013, 21h00

Babi com a filha, Cínthia, e o marido, Felipe, na casa que devem deixar até o fim do ano na Barra da Tijuca, Rio, em busca de uma vida mais tranquila em Niterói
Foto: Marcelo Bruno

“A vida me ofereceu alguns limões, mas eu preferi transformá-los em caipirinhas. E olhe que saiu cada caipirinha excelente!”, brinca a atriz e apresentadora Babi Xavier, 38 anos, para explicar as mudanças em sua vida. Há 13 anos, Babi viveu o auge da fama após temporada na MTV, e no comando do Programa Livre, no SBT, que a tornou nacionalmente conhecida. As pessoas a abordavam a todo instante nas ruas, ela posou nua e virou símbolo sexual.


Depois de todo o sucesso, Babi chegou a ficar três anos fora do ar, até assinar contrato com a Record. Hoje, ela estrela a minissérie José do Egito, em que vive Elisa. E no período em que ficou afastada do universo das celebridades descobriu duas novas paixões: o marido, Felipe Correa, 38, e a filha, Cínthia, 1 ano e 4 meses. “Queria ser mãe desde os 25 anos, mas não conseguiria naquele ritmo estressante. A vida às vezes parece injusta, mas ela é muito justa. Deu tudo certo.”

 

Totalmente apaixonada pela família, Babi já tem planos para mais mudanças. Hoje ela mora na Barra da Tijuca, um dos bairros cariocas mais urbanos, e deseja retornar para sua cidade natal, Niterói, município do Rio.

Continua após a publicidade

 

Felipe foi o primeiro namorado de Babi, quando ela tinha 10, 11 anos. Ficaram 25 anos sem se ver, mas devido à proximidade de suas famílias, terminaram se reencontrando. O reencontro, em 2010, segundo Babi, foi no momento certo para que estabelecessem bases sólidas.

 

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO 1966 DE CONTIGO!, NAS BANCAS A PARTIR DESTA QUARTA-FEIRA (22)

 

"Queria ser mãe desde os 25 anos, mas não conseguiria naquele ritmo estressante", afirma Babi Xavier

Cínthia canta para os papais orgulhoso
Foto: Marcelo Bruno

Continua após a publicidade
Publicidade