Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Quem é o profissional por trás do olhar de Santo nesta última semana de “Velho Chico”

Conheça o fotógrafo responsável pelas cenas que estão emocionando os espectadores da novela das 21 horas da Rede Globo.

Por Clara Novais Atualizado em 28 out 2016, 08h04 - Publicado em 28 set 2016, 15h59

Os espectadores de Velho Chico foram surpreendidos, na segunda-feira (26), pela solução escolhida pela Rede Globo para manter o protagonista Santo nas cenas deste última semana da novela após a morte do intérprete Domingos Montagner. Foi utilizado um recurso conhecido como “câmera subjetiva”, em que o olhar do personagem parece estar sendo transmitido pela câmera, o que emocionou a todos por, de certa forma, dar uma sobre vida ao trabalho realizado com tanto carinho pelo ator. “Conseguimos canalizar e encontrar uma maneira de nos despedir de Santo, mesmo que não tenhamos tido a chance de nos despedir do Domingos. Se os atores, os amigos e a equipe não puderam dar um último abraço nele, Bento e Tereza, por exemplo, vão poder“, disse Bruno Luperi, autor da trama, ao Gshow.

https://www.instagram.com/p/BK19je3gsjC/

Agora, quem faz as vezes de Santo, não é mais um ator, e sim um fotógrafo. Leandro Pagliaro, de 34 anos, é o responsável por operar a câmera e interagir com os atores nas cenas que são mostradas por meio da visão do protagonista. “Para mim foi uma bênção receber essa oportunidade. É complicado fazer parte daquilo, é uma energia à flor da pele, é muito delicado. Como não tinha áudio valendo, eu conversava com eles”, contou ao UOL, “Pedi permissão para o Domingos para representar o personagem dele. Sempre dava uma mentalizada e me recolhia num canto antes de gravar“.

View this post on Instagram

velho chico

A post shared by Leandro Pagliaro (@lepagliaro) on

Não são só os movimentos de câmera que foram alterados para Santo se manter presente em Velho Chico. O fotógrafo tem utilizado um sapato mais alto para ficar da altura de Montagner e uma câmera especial que reflete mais luz está sendo usada para representar o olhar do personagem. Para reforçar a espontaneidade do momento, as cenas foram gravadas sem ensaio ou marcações. “Aquilo tudo é uma resposta sensitiva. Eu olhava pelo visor da câmera e ao mesmo tempo olhava muito além, você vai sentindo. Se fosse ensaiado não sairia daquele jeito. As cenas têm muita força, ele continua com a gente. É impossível substituir a figura do Domingos”, contou ao UOL.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

E agora que faço eu da vida sem vocês… 😍 #velhochico #genteamada ❤️🌵🎬

A post shared by Mariene de Castro (@marienedecastro) on

Durante sua formação, Pagliaro estudou cinema em Vancouver, no Canadá, e foi assistente de fotógrafos em Nova York e Los Angeles, nos Estados Unidos. Ao retornar ao Brasil, fez alguns trabalhos como fotógrafo de moda, mas um convite do diretor Luiz Fernando Carvalho – o mesmo responsável pelas cenas deslumbrantes de Velho Chico – para ele participar das filmagens da série Suburbia, em 2012, mudou sua trajetória: “Foi ele quem me ensinou a filmar. Eu tinha noção de enquadramento, de proporção, mas aprendi a não deixar esse vazio entre o ator e a câmera, a contar uma história sem essa barreira gigante entre humano e tecnologia“.

Desde então, Pagliaro embarcou em várias produções, em parceria com Luiz Fernando Carvalho, que marcaram por sua beleza visual: a série do programa Fantástico Correio Feminino, de 2013;  o especial de fim de ano Alexandre e Outros Heróis, de 2013, e a novela das 18h Meu Pedacinho de Chão, que inovou na fotografia, de 2014:

Além disso, ele é responsável pela direção fotográfica de videoclipes musicais. Em junho deste ano, foi grande a repercursão de clipeYour Armies, da cantora Barbara Ohana, em que o ator Cauã Reymond interpreta uma mulher transexual. Pagliaro foi quem fez a cinematografia:

Continua após a publicidade
Publicidade