Petra Costa no Oscar: “A cura do Brasil depende do voto de cada um”

A diretora de "Democracia em Vertigem" deu entrevista para o canal TNT no tapete vermelho do Oscar 2020

A diretora brasileira Petra Costa chegou ao tapete vermelho do Oscar 2020. Concorrendo na categoria Documentário por “Democracia em Vertigem”, ela falou ao canal TNT sobre as expectativas em relação ao prêmio e o processo de produção do filme.

Segundo Petra, foi muito difícil testemunhar as primeiras manifestações pelo impeachment da presidente Dilma, pois ela viu “surgir ali a semente do fascismo no país”. “Para mim, a democracia era a construção da vida dos meus pais. Eu acredito que isso não é da alma brasileira. Esse ódio não é da nossa natureza. A gente é um povo que consegue lidar com as diferenças”, explicou.

Quando perguntada se a política tem cura, Petra foi incisiva: “A cura está no voto de cada um. Não aguento mais ouvir as pessoas falando que todo politico é igual, que todo mundo rouba. Eu adquiri respeito por muitos deputados que trabalham todos os dias para garantir os direitos mínimos de indígenas, mulheres e outras populações”.

Ela revelou ainda que já tinha algumas ideias para o discurso, caso ganhe esta noite, mas que não pensou onde vai deixar a estatueta.

%d blogueiros gostam disto: